Mercedes só pensa em troca de motor para Hamilton em Abu Dhabi se “algo der errado”

Andrew Shovlin, diretor de engenharia de pista da Mercedes, deixou claro que não há planos para a equipe colocar um novo motor no carro de Lewis Hamilton neste fim de semana

VERSTAPPEN x HAMILTON: A DECISÃO DA F1 2021 ESTÁ CHEGANDO | WGP

A Mercedes não tem planos de trocar o motor para Lewis Hamilton neste fim de semana do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1. A questão foi feita pela reportagem da emissora britânica Sky Sports a Andrew Shovlin, diretor de engenharia de pista da equipe, que descartou a possibilidade.

Hamilton acelera com sua quinta unidade de potência a partir do fim de semana do GP de São Paulo. O chamado motor apimentado fez o heptacampeão voar e brilhar em Interlagos, mas a diferença de performance em relação a Max Verstappen e ao propulsor Honda que empurra a Red Bull diminuiu nos GPs do Catar e da Arábia Saudita, na semana passada.

LEIA TAMBÉM
+Verstappen abre fim de semana decisivo na frente de Hamilton e lidera TL1 em Abu Dhabi

LEWIS HAMILTON; FÓRMULA 1; MERCEDES; GP DE ABU DHABI; YAS MARINA;
A Mercedes descartou troca de motor para Lewis Hamilton em Abu Dhabi (Foto: LAT Images/Mercedes)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em contrapartida, é Verstappen que corre com um motor mais antigo neste fim de semana derradeiro e decisivo da temporada. Max acelera com a quarta unidade de potência desde o GP da Rússia, em setembro.

Em meio ao fim de semana do GP do Catar, a Red Bull chegou a pensar em uma troca de motor junto com a Honda, depois considerou a mudança para a Arábia Saudita e, no fim das contas, vai decidir o título com uma unidade motriz que acumula uma quilometragem de sete finais de semana de GP.

Já a Mercedes deixou claro que só trocaria o motor de Hamilton se algo saísse fora do cronograma. “Não está nos planos”, afirmou Shovlin.

“Se fizermos isso, é se algo der errado. Não me parece uma boa ideia. Só aconteceria se tivéssemos um grande problema e, mesmo assim, não seria o Plano A”, salientou o engenheiro britânico.

Quando perguntado sobre uma eventual diferença de performance do motor Mercedes para o Honda que empurra o carro da Red Bull de Verstappen, Shovlin minimizou. “Não é algo tão grande como talvez pareça ser”.

Fórmula 1 volta a acelerar logo mais, a partir de 10h (de Brasília, GMT-3), com o treino livre 2 em Yas Marina, sempre com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports e pelo serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

O brake-test de Verstappen em cima de Hamilton em Jedá (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar