Mercedes identifica falha nas bombas de água de Hamilton e Bottas e faz troca antes do GP dos EUA

Um vazamento no carro de Valtteri Bottas levou a Mercedes a trocar as bombas de água nos dois carros. Tanto Bottas quanto Lewis Hamilton largam com modelos antigos da peça, o que é permitido pelo regulamento da F1

Um pequeno problema causou apreensão na Mercedes pouco antes do GP dos Estados Unidos. Ao checar os carros antes da corrida deste domingo (21), a equipe descobriu um vazamento na bomba de água do carro de Valtteri Bottas. Por precaução, o sistema foi trocado nos carros do finlandês e de Lewis Hamilton.
 
O carro de Hamilton não tinha vazamento, mas uma análise da Mercedes concluiu que existia a possibilidade de a falha surgir durante a corrida. O problema chama atenção, já que as bombas dos dois carros são novas, sendo utilizadas pela primeira vez em Austin.
 
A solução para a Mercedes foi aplicar modelos antigos, já utilizados, de bombas de água nos dois carros. O fato de a troca não ser em favor de outra peça nova mantém Hamilton e Bottas em conformidade com o sistema de parque fechado, que impede grandes mudanças nos carros após o treino classificatório.
A Mercedes levou um susto com falhas nas bombas de água dos carros (Foto: Mercedes)

Ao seguir em conformidade com o parque fechado, Hamilton e Bottas evitam a perda de posições no grid de largada. O britânico mantém a pole-position, enquanto o finlandês segue em terceiro.

 
Hamilton larga em Austin com a missão de assegurar o quinto título mundial. Para isso, basta vencer e torcer para que Sebastian Vettel não termine na segunda colocação.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP dos Estados Unidos de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.

E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube