Mercedes revela problema em carro de Hamilton no TL2 e admite preocupação

Toto Wolff, chefe da Mercedes, lamentou o fato de Lewis Hamilton ter mostrado problemas ainda desconhecidos durante o treino livre

O que a sexta-feira (10) de GP da Estíria pode dizer de verdade sobre a Mercedes? De acordo com o chefe Toto Wolff, o que se sabe é que Lewis Hamilton teve um dia bastante complicado e que as rivais apertaram com relação à prova austríaca da semana passada.

Como uma forte chuva é esperada sobre Spielberg no sábado, até mesmo a possibilidade de não haver treino classificatório foi ventilado. Caso seja esse o caso, vale o resultado final do TL2 para formar o grid de largada. Mesmo assim, foi Max Verstappen quem ponteou com a Red Bull.

De acordo com Wolff, porém, a Mercedes não escondeu o jogo. Pode até não ter andado a 100% no TL2, mas foi acima do que costuma ser nas sextas-feiras.

“Não foi um ataque total, mas também não foi um ataque pela metade. Mostramos um nível de desempenho que normalmente não fazemos no segundo treino livre”, afirmou à revista austríaca ‘Motorsport-Magazin’.

O que preocupa, no entanto, é outra coisa: o fato de Lewis Hamilton ter passado problemas no carro em curvas de baixa e média velocidade.

“Estamos um pouco no escuro com relação ao tempo de volta marcado por Lewis. Ele teve um problema com o carro”, revelou sem dar mais detalhes. A Mercedes ainda não sabe o que motivou o desconforto.

Além de Verstappen no TL2 – onde Valtteri Bottas terminou no segundo lugar -, o TL1 ficou com Sergio Pérez e a Racing Point.

O GRANDE PRÊMIO transmite em tempo real todas as atividades do GP da Estíria, segunda etapa do campeonato da Fórmula 1 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube