Mercedes volta atrás e defende estratégia de Hamilton em Abu Dhabi: “Foi bom tanto para a F1 quanto para equipe”

Apesar de toda a polêmica gerada pela estratégia adotada por Lewis Hamilton em Abu Dhabi, a Mercedes agora voltou atrás e acha que o inglês agiu de forma correta. Diretor-técnico da equipe alemã, Paddy Lowe defendeu o resultado da corrida e disse que foi benéfico tanto para a F1 quanto para a Mercedes

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Lewis Hamilton desobedeceu a Mercedes e fez tudo que podia para tirar das mãos de Nico Rosberg o título de 2016 na etapa decisiva do campeonato, em Abu Dhabi, há duas semanas. Tendo de vencer e ver o adversário fora do pódio, Hamilton vinha liderando a corrida em Yas Marina e controlando o ritmo. Na parte final da prova, o inglês reduziu o desempenho deliberadamente, como forma de fazer os demais rivais alcançarem o colega de equipe. Pelo rádio, a esquadra prateada se desesperou com o comportamento do britânico e pediu várias vezes para que ele melhorasse os tempos de volta, mas o tricampeão se negou. Ainda assim, Rosberg soube se segurar à frente de Sebastian Vettel e Max Verstappen, que se aproximaram, e garantiu o campeonato.

 
Depois da corrida, a cúpula da Mercedes revelou que houve certa preocupação porque a perda de performance também poderia ter colocado em risco a dobradinha do time e sugeriu que Hamilton poderia ser punido pela atitude. Agora, porém, a equipe voltou atrás e até defendeu a estratégia adotada pelo inglês. A postura vem também na esteira do anúncio da aposentadoria de Rosberg.
 
Diretor-técnico da esquadra prata, Paddy Lowe passou a defender o resultado da corrida e disse ainda que a tática de Lewis foi benéfica tanto para a F1 quanto para a Mercedes. "Acho que foi um grande resultado. Um ótimo final não só para a equipe, mas também para a F1", explicou o engenheiro, que deu a ordem para que Hamilton retomasse o ritmo normal de corrida.
Paddy Lowe acha que Hamilton agiu certo em Abu Dhabi (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Certamente, esse resultado também serve para atrair novos fãs. Foi fantástico, mas a verdade é que eu disse a Lewis que ele precisava acelerar", completou.

 
"Eu pedi para aumentar o ritmo, mas ele não fez isso. Logo em seguida, o próprio Toto Wolff me pediu para repetir a mensagem, mas eu falei a ele que não poderia fazer isso ou pareceria um idiota", contou o britânico. 
 
"Na verdade, todos estavam preocupados em perder a corrida. James Vowles, o melhor estrategista da equipe, também disse que Lewis precisava acelerar, porque os gráficos mostravam que, se continuasse daquela forma, perderíamos a corrida. Eu discordei e falei: 'Você não acha que quando ele enxergar o carro vermelho atrás, não vai acelerar?'", acrescentou.
 
Por fim, Lowe disse que Hamilton fez o que era certo. "Acho que o aconteceu foi o correto. Temos de lembrar o que aconteceu em Mônaco. Nós pedimos para Nico deixar Lewis passar e ele deixou. Assim, devemos levar tudo em conta", encerrou.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube