Mick Schumacher anda com Jordan 191 da estreia do pai na F1 em Silverstone

Mick Schumacher teve a oportunidade de guiar o icônico Jordan 191 em Silverstone. Trata-se do carro que Michael Schumacher pilotou em seu primeiro GP de Fórmula 1

Hamilton resiste após batida com Verstappen e vence GP da Inglaterra (Vídeo: Reuters)

Nesta terça-feira (20), em Silverstone, Mick Schumacher teve a chance de assumir o volante do icônico Jordan 191, carro que o pai Michael Schumacher pilotou na estreia na Fórmula 1, no GP da Bélgica de 1991. Dois dias depois do GP da Inglaterra, o Schumacher mais novo compartilhou o 191 com Karun Chandhok em gravação para a Sky Sports britânica.

Há 30 anos, Schumacher chamou atenção de forma instantânea no paddock da F1 quando recebeu uma ligação inesperada para substituir Bertrand Gachot, que foi preso por agredir um motorista de táxi de Londres no meio da temporada de 1991. Eddie Jordan recorreu ao jovem alemão, então focado em corridas de endurance, para atuar como substituto.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mick Schumacher no comando do Jordan 191 em Silverstone (Foto: Haas)

Apesar de ter apenas dirigido um carro de F1 pela primeira vez poucos dias antes da corrida, o futuro campeão mundial se classificou em um impressionante sétimo para sua estreia na F1 e corria em sexto quando sua embreagem falhou momentos depois de passar Eau Rouge na primeira volta, forçando o abandono.

Ainda assim, Schumacher deixou sua marca como estrela do futuro. Tanto que assinou pela Benetton para as cinco corridas restantes da temporada em 1991, ficando por lá até 1995. Dali em diante, o alemão viria a marcar para sempre a história da maior categoria do automobilismo mundial.

A 12ª rodada da temporada 2021 da F1 marcará o 30º aniversário da estreia de Michael Schumacher.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar