Ministro acredita em realização do GP da Austrália, mas sem “certeza absoluta”

Martin Pakula, ministro de esporte e turismo do estado australiano de Victoria, ainda não é capaz de afirmar com 100% de certeza que o GP da Austrália vai acontecer. Mesmo otimista, Pakula destacou que a situação é “dinâmica”

São menos de duas semanas até o GP da Austrália, que abre a temporada 2020 da Fórmula 1. Ainda assim, não há convicção de que a prova de fato aconteça normalmente, dada a crescente ameaça do coronavírus. Martin Pakula, ministro de esporte e turismo do estado australiano de Victoria, onde Melbourne se localiza, disse ser otimista. Só que com um porém: a situação é “dinâmica” e pode mudar rapidamente.
 
“Todas as indicações da Fórmula 1 são de que estão planejando que o GP vá em frente”, disse Pakula. “Já estão montando as estruturas e esperando a chegada de material e de funcionários das equipes entre hoje e domingo. Estamos quase no ponto em que todos vão estar aqui dentro de alguns dias”, seguiu.
 
“Dito isso, eu reconheço que a situação é extremamente dinâmica e, em algum nível, há coisas fora de controle. Há decisões tomadas pelo governo ou talvez no exterior. Eu estou otimista e confiante, mas não posso dizer nada com certeza absoluta”, apontou.
O GP da Austrália segue confirmado, mas situação pode não ser definitiva (Foto: Mercedes)

O temor do dinamismo da situação é compartilhado pelo paddock da F1, que já deu declarações dizendo receber informações novas a cada dia ou até mesmo a cada hora. A boa notícia é que a situação do coronavírus na Austrália aparenta estar mais estável do que em outros países, com uma morte, mas 21 dos 42 infectados já recuperados.

 
Dessa forma, resta saber como autoridades vão se portar. Bahrein e Vietnã, países que recebem as etapas subsequentes do Mundial, já impõe restrições de viagens. No caso do país do sudeste asiático, há restrições a pessoas procedentes da Itália, o que representa um duro golpe ao GP. O país europeu é o terceiro com mais infecções no mundo, já acumulando 2.500 casos.

Caso o GP da Austrália de fato aconteça normalmente, as atividades ficam entre os dias 13 e 15 de março.

Paddockast #50
GRANDES PROMESSAS QUE NÃO VINGARAM

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube