Montoya afirma que decisão de Haas para competir na F1 a partir da próxima temporada é “loucura”

Em Long Beach, Juan Pablo Montoya falou sobre a entrada de Gene Haas na F1 e afirmou que a decisão é uma loucura e não faz o menor sentido

Com uma passagem das mais controversas na F1, Juan Pablo Montoya nunca escondeu que mundo na maior categoria do automobilismo o desapontou muito, por isso, ao falar da entrada de Gene Haas no Mundial, o colombiano foi categórico e disse que o plano do empresário é uma "loucura". Para o agora piloto da Penske na Indy, comandar uma equipe dos EUA não será fácil e é algo que não vai funcionar.

Na sexta-feira passada, Haas confirmou antes mesmo da FIA sua entrada na F1, tornando-se a 12ª escuderia a partir da temporada do ano que vem. Gene é sócio de Tony Stewart na Nascar.

Juan Pablo Montoya fala que entrada de Haas na F1 é loucura (Foto: Getty Images)

Em entrevista aos jornalistas no último final de semana, durante o GP de Long Beach, Montoya criticou a opção de Haas. "Se ele quer construir uma equipe aqui nos EUA, então acho que é totalmente louco", afirmou.

"E você nem pode chamar isso de loucura, na verdade, porque é algo que não faz o menor sentido", completou. "Você não vai conseguir trazer pessoas da Inglaterra para Charlotte. Será que ele pode ter mais sucesso que a USF1?", questionou.

Montoya, que voltou aos monopostos neste ano depois de um longo período na Nascar, ainda fez um alerta. "Acho que, na F1, é preciso ter cuidado para não descartar muito a Europa", falou o piloto, que defendeu a Williams e a McLaren no Mundial entre 2001 e 2006, vencendo ao todo sete provas.

"Porque os verdadeiros torcedores estão lá, é onde estão os fãs dos carros. Você não pode deixar a Europa. Eu sei que outros lugares podem até render mais dinheiro a eles, mas simplesmente eles não vão abrir mão de GPs como o da Inglaterra ou o da Espanha. Imagine isso. Há grandes corridas lá e eles não querem estragar isso", acrescentou Juan Pablo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube