Mudança na presidência da Honda não interfere no andamento do projeto da F1, garante diretor de automobilismo

A mudança no comando da Honda no Japão não terá impacto no andamento da parceria da Honda com a McLaren no Mundial de F1. O presidente e diretor-executivo Takanobu Ito deixará o cargo em junho deste ano

Nada vai mudar na relação da McLaren com a Honda devido à troca na presidência da montadora japonesa. É o que garante o diretor de automobilismo da marca, Yasuhisa Arai.

 
No cargo de presidente e diretor-executivo há seis anos, Takanobu Ito deixará a função devido a um problema que não tem ligação com o esporte: críticas que tiveram como estopim denúncias de defeito nos airbags dos carros de rua da Honda. Takahiro Hachigo será o seu sucessor.
 
Ito participou ativamente para tornar real o retorno da Honda à F1 e também teve enorme contribuição na contratação de Fernando Alonso, já que é grande admirador do piloto bicampeão do mundo.
Takanobu Ito deixará a presidência da Honda (Foto: Getty Images)
“Vai haver uma troca de presidente em junho deste ano, mas o novo presidente ainda tem um grande comprometimento com a F1. A F1 está no DNA da Honda. Não tem mudança”, assegurou Arai-san.
 
Na F1, o retorno da Honda está sendo complicado. A fabricante enfrentou muitas dificuldades técnicas durante os testes de pré-temporada e corre contra o tempo para resovê-las antes do GP da Austrália, marcado para o dia 15 de março. Para piorar, a equipe também não contará com o bicampeão Fernando Alonso, que se recupera do acidente sofrido no dia 22 de fevereiro em Barcelona.
ESTOU PRONTO

A preparação tranquila da Williams ao longo dos testes de pré-temporada na Espanha deixou Felipe Massa confiante de que poderá começar o campeonato em um bom nível. O brasileiro está certo de que a preparação do time que terminou o Mundial de Construtores na terceira posição no ano passado foi boa o bastante. "O trabalho que a gente vem fazendo foi um trabalho onde a gente evoluiu", disse o brasileiro ao GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube