F1

Na berlinda, Sirotkin se nega a pensar no próximo passo da carreira e reforça: “Foco total na F1”

Sergey Sirtokin está focado em terminar bem o ano com a Williams. Em coletiva de imprensa, o piloto evitou dar sinais do que vai fazer no futuro, se esquivando de responder se consideraria ir para ouras categorias
Warm Up, de São Paulo / FELIPE NORONHA, de Interlagos / NATHALIA DE VIVO, de Interlagos
 Sergey Sirotkin (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Sergey Sirotkin está interessado em apenas uma coisa: pensar no agora. Em coletiva de imprensa na quinta-feira (8), em Interlagos, o piloto evitou indicar qual será sua trilha na próxima temporada, dizendo que está com foco total no final do ano com a Williams.
 
Não seria errado afirmar que a situação do russo está longe de ser confortável. Sem contrato assinado para 2019, tem opções cada vez mais escassas para seguir na F1. Mas ao ser questionado pelo GRANDE PRÊMIO se considera outras categorias, como Stoffel Vandoorne indo para a FE e Marcus Ericsson na Indy, fugiu da resposta.
Sergey Sirotkin (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
“Estou interessado em pilotar um carro, simples assim. Obviamente, quanto mais potente o carro for e quanto melhor os pilotos do grid forem, mais interessado eu fico. É simples assim”, comentou o piloto.

“Mas, novamente, o meu foco total neste momento está aqui, há muitas coisas a serem feitas neste ano, e espero que outras coisas a serem feitas no ano que vem. Não é como eles”, completou.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.