Na volta como equipe de fábrica, Renault libera primeiras imagens de pintura predominantemente preta do carro de 2016

Depois da expectativa de ver a Renault com uma pintura predominantemente amarela com detalhes em preto, fotos de detalhes do carro apontam para outro sentido. O carro deve ser majoritariamente escuro, ao contrário do que se esperava

Passadas seis temporadas da F1, a Renault finalmente vai voltar a alinhar nos grids da categoria como uma equipe de fábrica. Mas, se em 2010 a última pintura da equipe foi predominantemente amarela com detalhes em preto, em 2016 a equipe pode aparecer com o oposto. A nova escuderia lançou imagens de detalhes do novo design, indicando um carro majoritariamente escuro.
 
A revelação veio através do Twitter. Primeiro, a Renault lançou uma imagem da lateral do carro, que carrega a logomarca da empresa sobre um fundo negro. Depois, a Lotus – equipe vendida para os franceses – soltou uma foto que aparenta ser do bico do carro, com o tradicional losango da montadora gaulesa.
A pintura da Renault, predominantemente preta (Foto: Reprodução/Twitter)
Em 2010 a Renault adotou a pintura diferenciada para recordar sua primeira participação na F1. Entre 1977 e 1985, os franceses trouxeram o motor Turbo para a categoria, sempre empregando elegantes pinturas protagonizadas pelo amarelo e preto. Agora, todavia, o esquema de cores deve sofrer alterações.
 
A revelação acontece um dia após Pastor Maldonado, piloto da Lotus ao longo das duas últimas temporadas, anunciar que não vai acompanhar a Renault em seu retorno à F1. O substituto ainda não foi confirmado oficialmente, mas fortes rumores apontam Kevin Magnussen como novo piloto da equipe, ao lado do estreante Jolyon Palmer.
A lateral do novo carro da Renault (Foto: Reprodução/Twitter)

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar