“Não consigo entender o que aconteceu”: Stroll se sente “na lua” com pódio. E acaba se rendendo a ‘shoey’ de Ricciardo

Duas semanas depois de ter marcado seus primeiros pontos na F1, Lance Stroll entrou para a história como o segundo piloto mais jovem do Mundial a subir ao pódio. O terceiro lugar é como uma vitória para o canadense de 18 anos, ainda que tivesse perdido a chance de ser segundo na linha de chegada em Baku. De quebra, teve a chance de beber champanhe na sapatilha do vencedor, Daniel Ricciardo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lance Stroll, finalmente, se estabelece com um resultado maiúsculo na sua temporada de estreia na F1. Depois de oito corridas, o canadense de 18 anos alcançou a melhor performance da sua curta trajetória no Mundial e, depois de ficar longe de todo o tipo de incidente durante o GP do Azerbaijão, se livrar do azar que insiste em acompanhar Felipe Massa e ter uma pilotagem sólida, conquistou seu primeiro pódio na F1, sendo o segundo mais jovem da história a fazê-lo — 18 anos, sete meses e 27 dias, apenas 12 dias mais velho que Max Verstappen quando este foi ao pódio e venceu o GP da Espanha de 2016. E para comemorar em grande estilo, se rendeu ao ‘shoey’ oferecido pelo grande e improvável vencedor, Daniel Ricciardo

 
Stroll, que andou nas últimas voltas em segundo lugar, perdeu a posição na linha de chegada em Baku ao ter sido ultrapassado por Valtteri Bottas. Ainda assim, teve o resultado festejado pela Williams e pelos fãs, que o elegeram como o Piloto do Dia deste domingo (25).
 
“Estou sem palavras neste momento. Não consigo entender o que aconteceu”, disse o piloto da Williams, em entrevista a David Coulthard, tão logo recebeu seu primeiro troféu na F1 no pódio do GP do Azerbaijão. “Foi uma corrida empolgante, muita gente ficou pelo caminho e ficamos livre de problemas. Me mantive com a cabeça fria, fui até o fim e meu ritmo era bom”, destacou.
Stroll foi ao pódio e tomou champanhe na sapatilha de Ricciardo (Foto: Reprodução/Twitter)

Stroll comentou também a ultrapassagem que Bottas fez no último momento da corrida: “Valtteri me passou no fim. Deve ter sido uma das chegadas mais próximas de todos os tempos, lado a lado na linha de chegada. Jamais poderia acreditar antes do fim de semana que estaria no pódio. É incrível”, comemorou.

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O piloto também lembrou os momentos difíceis neste início de jornada na F1, inclusive quando sofreu uma série de críticas por conta de performances ruins que ficaram para trás.

 
“O automobilismo é uma relação de amor e ódio. Tivemos algumas corridas difíceis, mas as duas últimas foram incríveis e simplesmente estou na lua agora”, festejou o canadense antes de tomar seu primeiro shoey, cortesia do grande e improvável vencedor deste domingo em solo azeri.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube