Nasr está fora da briga pela vaga de Bottas na Williams e não forma dupla com Massa em 2016

Não há qualquer chance de haver uma dupla brasileira na Williams em 2016. O DIÁRIO MOTORSPORT, parceiro do GRANDE PRÊMIO, apurou que motivos comerciais tanto na equipe inglesa quanto na Sauber impedem a volta de Felipe Nasr a Grove

Não existe qualquer possibilidade de haver uma dupla brasileira na Williams em 2016. De contrato renovado para a próxima temporada, como adiantou o DIÁRIO MOTORSPORT, parceiro do GRANDE PRÊMIO na última sexta-feira, Felipe Massa não vai ter Felipe Nasr como companheiro por dois motivos.
 
O primeiro deles é comercial e se refere à limitação que causaria ter dois brasileiros na equipe inglesa; o segundo é a Sauber, que tem um contrato de dois anos com o Banco do Brasil e uma cláusula que vincula sua presença na equipe ao piloto.
 
Desta forma, a briga por um lugar ao lado de Felipe Massa — agora de contrato renovado, mas ainda sem divulgação oficial — no lugar de Valtteri Bottas, favorito a assumir o assento de Kimi Räikkönen na Ferrari, está aberta. 
 
Nasr, por sua vez, vai seguir na Sauber salvo algo muito fora da curva. Em sua temporada de estreia, o brasileiro tem ido bem na medida do possível com o carro da escuderia de Hinwil. São 16 pontos e o 11º lugar no Mundial de Pilotos.

No ano passado, Massa e Nasr dividiram os boxes da Williams, mas o segundo na condição de reserva.

*Colaboração de PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube