Nasr fala em fim de semana “completamente novo” em Interlagos e espera dividir pontos com fãs brasileiros

Felipe Nasr está enfrentando uma série de problemas com sua Sauber deficiente, mas isso não impede o novato de sonhar com pontos em Interlagos, no seu primeiro GP do Brasil. O #12 exaltou a atmosfera diferenciada do autódromo brasileiro, resultado em um “fim de semana completamente novo”

A primeira temporada de Felipe Nasr pode não ter sido recheada de bons resultados, ainda mais com o deficiente carro da Sauber. Mas isso não vai impedir o novato de aproveitar uma experiência completamente nova em sua carreira: o primeiro GP do Brasil. Ansioso, o #12 aguarda por experiências diferenciadas em Interlagos.
 
“Com certeza vai ser um fim de semana completamente novo para mim. Tive um pequeno gostinho no ano passado com a Williams, no TL1. Mal posso esperar para sentir toda essa energia, a atmosfera vai estar incrível”, exaltou Nasr.
 
“Tem muitos fãs seguindo toda a temporada, e para mim, vir aqui pela primeira vez a um circuito com tanta história e prestes a começar a minha, é um prazer. Se pudermos marcar alguns pontos, vai ser bom poder dividir com todos”, continuou Nasr.
Felipe Nasr quer comemorar seu primeiro GP do Brasil com mais pontos (Foto: AP)
Felipe sabe que não será de todo fácil chegar à zona de pontuação em Interlagos. Depois de um começo de temporada promissor, com um ótimo quinto lugar em Melbourne, o brasileiro começou a ser afetado pela perda de rendimento da Sauber, sem dinheiro para atualizar o carro. Problemas de freio, por exemplo, atormentaram o brasiliense ao longo de 2015.
 
Apesar das dificuldades, Nasr acredita que fez um bom trabalho. Em uma temporada de poucos erros, Felipe se dá por satisfeito.
 
“Eu preciso estar satisfeito. Foi uma temporada difícil para nós. Os outros times estavam com dificuldades e aproveitamos as chances para marcar bons pontos, especialmente na Austrália. Não podia pedir mais nada depois daquele quinto lugar na primeira corrida”, seguiu.
 
“Ganhei experiência, aprendi novos circuitos, e tivemos dificuldades para desenvolver o carro, mas sabíamos que passaríamos por isso. A McLaren está bem perto agora. Vamos tentar o nosso melhor, marcar mais alguns pontos até o fim da temporada, e claro que fazer isso aqui no Brasil seria uma boa forma de marcar o fim da temporada”, finalizou. 
 
Nasr chega ao GP do Brasil em 13º lugar na classificação do Campeonato de Pilotos, com 27 pontos. O brasileiro está superando seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson, que soma apenas 9.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP do Brasil com grande cobertura 'in loco' com Flavio Gomes, Evelyn Guimarães, Fernando Silva e Rodrigo Berton. Acompanhe aqui.

PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ

Massa é direto: o GP de Cingapura de 2008, aquele da armação protagonizada por Nelsinho Piquet, deveria ter sido…

Posted by Grande Prêmio on Quarta, 11 de novembro de 2015

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube