Nasr homenageia lendas do automobilismo italiano em pintura especial de capacete no fim de semana em Monza

A Stilo, empresa italiana que fabrica os capacetes de Felipe Nasr, divulgou imagens da nova pintura que será usada pelo piloto brasileiro neste fim de semana na Itália. Em destaque, homenagens a ícones locais do esporte a motor: Tazio Nuvolari, Alberto Ascari, Elio de Angelis e Michele Alboreto. O capacete também traz nomes de curvas do lendário circuito de Monza

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felipe Nasr inovou com uma homenagem original em seu capacete para o fim de semana do GP da Itália de F1. O brasileiro, que viveu no país em 2009, quando iniciou sua carreira no automobilismo europeu, vai correr em Monza com uma pintura estilizada para prestar tributo a três lendas do esporte a motor da Itália: Tazio Nuvolari, Alberto Ascari, Elio de Angelis e Michele Alboreto. O capacete também traz nomes de curvas do icônico circuito de Monza, palco da disputa deste fim de semana, como Parabolica, Lesmo, Serraglio, Biassono e também a Roggia.
 
As fotos foram divulgadas pela Stilo, marca italiana de capacetes que fornece os cascos de Nasr. A base da pintura é a mesma de sempre, com a predominância do vermelho, mas com o fundo branco modificado para receber as imagens dos históricos pilotos italianos, além de detalhes da cor da bandeira do país.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

 

Felipe Nasr shows the special design of his Stilo ST5FN ZERO 8860 for the Monza F1 GP. #stiloanycompetitiononehelmet #stiloofficial #stilohelmets #8860 #f1gp

Uma foto publicada por Stilo Helmets (@stilohelmets) em

Ago 31, 2016 às 9:25 PDT

 
Tazio Nuvolari foi considerado por muitos como o melhor piloto do pré-guerra, época que antecedeu o nascimento da F1, vencendo várias corridas com marcas como a Alfa Romeo, Ferrari e Auto Union. Já Alberto Ascari foi o primeiro bicampeão mundial de F1 — e o último italiano a chegar ao título na categoria — morrendo em 1955 em Monza numa curva que até hoje leva seu nome.

Elio de Angelis fez sua carreira na F1 entre 1979 e 1986. Nascido em Roma, o piloto foi companheiro de Ayrton Senna na Lotus em 1985. Um ano antes, fez sua melhor temporada no Mundial e terminou em terceiro lugar. De Angelis conquistou duas vitórias e três poles em sua carreira, morrendo após sofrer um acidente quando realizava testes pela Brabham no circuito de Paul Ricard, na França.

 
Alboreto foi um dos bons nomes da Itália na F1 nos anos 1980. Nascido em Milão, Michele foi vice-campeão do mundo em 1985, faturou cinco vitórias e duas poles em uma carreira de 194 GPs disputados. O piloto chegou a disputar as 500 Milhas de Indianápolis e morreu em 2001 no circuito alemão de Lausitzring durante testes com um carro de endurance da Audi.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Itália não conta com um piloto no grid desde o GP do Brasil de 2011, quando Vitantonio Liuzzi e Jarno Trulli alinharam para a disputa da prova em Interlagos.

 
Neste ano, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) relaxou a restrição aos pilotos sobre mudanças no design do capacete, liberando mudanças em algumas corridas consideradas especiais, como o GP de Mônaco e o da Itália, por exemplo.
PADDOCK GP #44 DEBATE VITÓRIAS DE ROSBERG EM SPA E DE RAHAL NO TEXAS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube