Nasr projeta C35 mais competitivo e acha que Sauber terá condições de marcar pontos com maior frequência em 2016

Embora admita que o C34 tem limitações, Felipe Nasr se mostrou paciente e disse que é preciso tentar todos os caminhos para o desenvolvimento. O brasileiro ainda se mostrou confiante em uma melhor temporada da Sauber em 2016

Depois de fechar a primeira fase de sua temporada de estreia na F1, Felipe Nasr não escondeu as dificuldades que enfrentou com o problemático carro da Sauber. O brasileiro afirmou que o C34 tem limitações em diversas áreas e o espaço para desenvolvimento é estreito. Ainda assim, Nasr confia em uma melhora, especialmente para 2016, e disse que não tem medo de experimentar acertos diferentes na busca por maior competitividade do modelo atual.

"Nós sabemos que o nosso carro é limitado em algumas áreas", disse o piloto brasiliense. "Então, como forma de compensar isso, nós sempre tentamos coisas diferentes, como o acerto, por exemplo. Nós tentamos seguir outros caminhos, como escolher um acerto mais macio ou mais duro. O carro tem uma janela estreita para a gama de trabalho no que diz respeito ao desenvolvimento. Mas estou sempre aberto a experimentar coisas diferentes, que ajudem a entender melhor o carro. E isso é algo que estou aprendendo muito", explicou.

Felipe Nasr foi realista ao falar do desempenho da Sauber (Foto: Sauber)

Também falando sobre a expectativa para o próximo ano, principalmente depois da ampliação do vínculo com a Sauber, Nasr ainda voltou a elogiar a decisão da equipe suíça em contratar o diretor-técnico, Mark Smith, engenheiro britânico com passagens por Jordan, Red Bull, Force India e Caterham.

E disse que Smith terá um papel importante também no desenvolvimento do projeto do C35, o carro para temporada 2016 da F1. "Acho que, para o carro do ano que vem, nós precisaremos continuar fazendo o melhor que pudermos para coletar as informações corretas, porque o C35 será baseado nisso. E estou muito contente com a vinda de Mark Smith, será importante. Ele tem uma boa visão do carro, então acho que estamos no caminho certo. Penso que poderemos lutar pelos pontos com mais frequência no próximo ano", afirmou Felipe.

"Temos de garantir que as atualizações que estamos fazendo para as próximas corridas estejam funcionando corretamente. Esse será o primeiro passo que vai nos guiar na direção certa para 2016", finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube