Newey admite “certa inquietação” com relação aos preparativos da Red Bull para temporada 2014

Adrian Newey, o gênio projetista dos carros da Red Bull, admitiu que vê com certa apreensão o trabalho da equipe campeã para o próximo ano e foi cauteloso ao fazer a previsão para 2014: "As mudanças nas regras dos motores são um enorme desafio para todos, e como isso vai funcionar? Ninguém sabe"

Newey é o responsável pelos carros vencedores da Red Bull (Foto: Getty Images)

Projetista da Red Bull, Adrian Newey admitiu que a equipe campeã do mundo está caminhando com certa inquietação com relação à temporada 2014 da F1 devido à complexidade das novas regras.

Embora o time tenha se mostrado dominante na segunda parte do campeonato de 2013, o regulamento do próximo ano é tão diferente que não garante a mesma hegemonia, de acordo com o gênio dos desenhos. Em 2014, os motores V6 turbo vão provocar enorme mudança no projeto dos carros.

"Eu acho que, do nosso ponto de vista, há algo entre um pânico leve a gestão de crise", brincou o engenheiro, durante a premiação dos melhores do ano realizada pela revista inglesa 'Autosport', na noite do último domingo (1).

"As regras do próximo ano representam uma grande mudança nos projetos. É um sistema de transmissão realmente complicado e, para muitas equipes, incluindo nós mesmos, de fato será um grande desafio. A confiabilidade será outro grande problema. Além disso, teremos alterações aerodinâmicas", completou.

Por isso, Newey reconheceu que vê a preparação da Red Bull com a "alguma apreensão". "As mudanças nas regras dos motores são um enorme desafio para todos, e como isso vai funcionar? Ninguém sabe. Mas essa é a natureza da F1 e, de alguma forma, sempre acaba ficando tudo bem. Vamos ver", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube