“No banheiro de madrugada”: Russell revela como recebeu ligação para substituir Hamilton

George Russell estava no banheiro às 2h da madrugada de segunda-feira para terça-feira quando Toto Wolff fez ligação importante. O chefe da Mercedes contou que Lewis Hamilton estava fora do GP de Sakhir e que o britânico era o substituto escolhido

Algumas oportunidades podem aparecer quando menos se espera. No caso de George Russell, durante uma ida ao banheiro às 2h da madrugada: o britânico recordou em detalhes como ficou sabendo do afastamento de Lewis Hamilton do GP de Sakhir, abrindo caminho para um fim de semana como piloto titular da Williams.

“Eu recebi uma ligação do Toto [Wolff, chefe da Mercedes] às 2h da madrugada de terça-feira”, contou Russell. “Eu estava no banheiro naquela hora, o que tornou as coisas um pouco estranhas. Eu atendi o telefone e ele disse ‘George, você está no banheiro?’. Eu disse ‘sim, estou no banheiro’. Aí ele disse ‘infelizmente o Lewis pegou Covid-19, ele está se sentindo bem e isso é o mais importante, mas queremos que você pilote’”, seguiu.

“Fizemos acontecer no dia seguinte. Eu contei, tive 64 ligações na terça-feira, entrando em contato com tantas pessoas diferentes, então fico feliz por conseguir tudo no fim das contas”, continuou.

Fórmula 1 2020, GP de Sakhir, George Russell, Mercedes
Russell já está uniformizado de Mercedes (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O relato revela também que Russell foi a primeira opção da Mercedes desde o começo. A alternativa seria Stoffel Vandoorne, reserva oficial da equipe alemã, mas apenas caso a Williams não liberasse o pupilo.

A situação pega Russell de surpresa. O britânico agora corre contra o relógio para estar tão preparado quanto possível para o GP de Sakhir, que promete comparações inevitáveis com Valtteri Bottas, na outra Mercedes.

“Não diria que é um conto de fadas porque não é assim que imaginava minha primeira oportunidade em uma Mercedes. Claro, são circunstâncias estranhas. Esse ano foi uma loucura para todo mundo, não só para mim. Há problemas muito maiores no mundo, mas a minha perspectiva pessoal é de que foram muitos altos e baixos. Essa é só mais uma reviravolta. É um pouco surreal”, encerrou.

Com Russell convocado pela Mercedes, a Williams vai passar o GP de Sakhir com Jack Aitken ao lado de Nicholas Latifi. A retomada das duplas normais depende de Lewis Hamilton testar negativo para Covid-19 a tempo de disputar o GP de Abu Dhabi, último de 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube