Norris chora, fala em “apagão” por falha no Q3 e se culpa: “Sou um idiota”

Lando Norris foi muito bem nas duas primeiras partes do treino classificatório do GP de Singapura, mas revelou sua decepção depois de cometer um erro durante uma troca de marchas no Q3. O décimo lugar no grid de Marina Bay foi encarado pelo piloto da McLaren com tristeza

Lando Norris foi da alegria à tristeza em questão de minutos na noite deste sábado (21) em Singapura. O jovem de 19 anos mostrou grande performance nos dois primeiros segmentos do treino classificatório em Marina Bay e marcou o sexto lugar, conseguindo o feito até de superar um dos carros da Red Bull, de Alexander Albon, e bater o companheiro de equipe na McLaren, Carlos Sainz. Tudo indicava que o Q3 seria a cereja do bolo. Mas deu tudo errado, fruto de uma troca de marcha errada na sua volta mais rápida.
 
O prodígio britânico não conseguiu fazer uma volta igual aos seus bons tempos no Q1 e Q2 e fechou a classificação com 1min38s329, ficando a 2s112 do tempo da pole-position, conquistada de forma improvável por Charles Leclerc.  Assim, Norris garantiu o décimo lugar no grid da cidade-estado. Um resultado que foi encarado com muita tristeza e lágrimas pelo estreante.
Lando Norris lamentou pelo erro cometido no Q3 em Singapura (Foto: McLaren)

Norris atribuiu o tempo alto a um erro cometido durante a volta e se culpou duramente pela falha cometida. Em entrevista à emissora britânica Sky Sports após o fim do treino de classificação, o piloto falou sobre sua performance e não segurou as lágrimas.

 
“Tinha uma boa sensação. O Q1 correu bem. O Q2 foi muito bom”, relembrou.
 
Sobre sua volta no Q3, comentou: “Estava feliz, confiante. Não consegui o aquecimento que queria e não tive a confiança para acelerar ao máximo. Então tive um apagão no meio [da pista]. Deu errado, muito errado e perdi tempo tentando compensar porque sou um idiota”, disparou.
 
“Isso tornou minha vida um pouco mais difícil. Erros bestas. Durante meia volta, eu estava na minha volta no Q3, então cometi um grande erro, coloquei a marcha errada no grampo, não reduzi a marcha o bastante. Nunca cometi esse erro antes”, continuou o piloto.
 
“Por mais que fosse uma volta horrível, a volta no Q2 foi boa. Então a confiança está aí, só não a fiz quando queria ter feito”, completou o piloto, que corre pela primeira vez no circuito de Singapura.
 
O GP de Singapura está marcado para o domingo às 9h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar