O que Senna disse após a conquista do primeiro título na Fórmula 1

Em entrevista a Reginaldo Leme pouco depois de assegurar seu primeiro título mundial, em 30 de outubro de 1988, Ayrton Senna foi às lágrimas e disse também que o próximo objetivo era "ser melhor como pessoa"

Horas depois de alcançar a meta de uma vida inteira e de se tornar campeão mundial de F1 pela primeira vez, em 30 de outubro de 1988, Ayrton Senna foi às lágrimas ao falar sobre a conquista. Em entrevista a Reginaldo Leme e uma comitiva de jornalistas brasileiros no fim da tarde daquele domingo, em Suzuka, o então piloto da McLaren contou que, ao alcançar o Olimpo do esporte a motor pela primeira vez, "consegui preencher aquele vazio dentro de mim".

O brasileiro, quando perguntado por Reginaldo a respeito do seu próximo objetivo, se emocionou: "Continuar minha vida como sempre foi, melhorar como profissional, melhorar ainda mais como pessoa".

Paddockast #58
COMO SERIA O GRID DA F1 SEM PILOTOS DA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube