Ocon lamenta “tarde terrível” com acidente na largada no México e fala em “pior corrida da carreira”

Esteban Ocon teve ritmo, fez uma boa largada, mas se envolveu em um acidente poucos metros depois e, ali, arruinou sua corrida. Para o francês, o GP do México foi o pior da carreira

Esteban Ocon teve uma prova complicadíssima neste final de semana no México. Após conseguir fazer uma boa largada, o francês teve um toque que danificou a asa dianteira e o fez parar nos boxes. Ali, precisou mudar de estratégia e, apesar de um ritmo competitivo, perdeu as chances de fazer algo relevante na corrida. Só que Ocon foi além e achou que teve a pior prova da vida neste domingo (28).
 
O francês se mostrou bem frustrado com o resultado e colocou a corrida como a pior da vida, mas ao menos destacou a largada como positiva.
 
“Esta foi, provavelmente, a pior corrida de toda minha carreira na F1 até agora. Nada deu certo e foi simplesmente uma tarde terrível. Fiz uma largada muito boa, consegui passar as duas Sauber chegando na Curva 1, mas foi a única coisa positiva de hoje", disse. 
Esteban Ocon teve um dia sofrido no México (Foto: Racing Point Force India)

Esteban explicou que a parada forçada para trocar o bico acabou com suas chances e agora espera que a Force India possa manter a boa forma com o carro para o GP do Brasil.

 
"Fiquei lado a lado com Carlos [Sainz] na Curva 3, mas eu vi que ele estava vindo por dentro. Freei para evitar um contato, mas nós ainda assim batemos e isso quebrou minha asa dianteira. Tive de parar no fim da primeira volta e a minha corrida efetivamente acabou. É uma pena porque nós tínhamos uma boa estratégia e um carro rápido, mas hoje não foi nosso dia. Vamos esquecer essa corrida e voltarmos mais fortes no Brasil", completou.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube