Ocon revela ligação para Pérez após controvérsia no Canadá e garante: “Não há qualquer tensão entre nós”

Esteban Ocon revelou que conversou com Sergio Pérez depois do episódio do GP do Canadá e garantiu que não há tensão entre os dois. O francês também disse que a Force India agiu de forma correta ao não os obrigar a mudar de posição durante a fase final da prova em Montreal, há duas semanas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Esteban Ocon admitiu que chegou a pensar que havia perdido uma grande chance de pódio logo depois do GP do Canadá, prova disputada há quase duas semanas. O francês vinha mais rápido atrás do companheiro de Force India, Sergio Pérez, e achava que tinha ritmo suficiente para, uma vez à frente do mexicano, atacar Daniel Ricciardo, que ocupava o terceiro posto da corrida. A equipe indiana chegou a discutir a situação com os dois pilotos nos estágios finais da corrida, mas Pérez não aceitou a troca de colocações. No fim, ambos ainda foram superados por Sebastian Vettel. Falando sobre o episódio, Ocon revelou que, após refletir sobre os acontecimentos, entendeu que o time agiu de forma correta ao não obrigar a inversão de posições. 

 
O jovem piloto ainda contou que chegou a ligar para Sergio, como uma forma de encerrar a controvérsia. "A equipe tomou a decisão de nos deixar correr, o que é respeitável. É ótimo ver que eles confiam em nós e nos deixam disputar a corrida livremente", afirmou Esteban aos jornalistas em Baku, onde a F1 está neste fim de semana para a oitava etapa da temporada 2017.
 
"Então, tivemos uma boa discussão após a corrida e também liguei para Sergio durante a semana, depois que todos estavam mais relaxados. Nós discutimos os nossos pontos e estamos preparados para o GP deste fim de semana. Não há qualquer tensão entre nós", acrescentou o gaulês.
Esteban Ocon garantiu que não há tensão na relação com Pérez (Foto: Force India)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Ocon foi questionado sobre a razão pela qual considerou importante falar com Pérez dias depois da corrida. "Antes de tudo, nós tínhamos um avião para pegar depois da prova, então estávamos um pouco apressados para debater qualquer coisa. É sempre bom fazer isso um pouco depois, para falar também com mais calma. Ter uma conversa a mais sobre isso foi muito importante."

 
"Nós apenas discutimos os nossos pontos, falamos livremente, apenas nós dois. Acho que era a coisa mais importante a fazer. Como disse, agora tudo foi esclarecido e estamos prontos para uma nova corrida", emendou.
 
Por fim, Esteban acredita que, embora a Force India se mostre contrária à ordem de equipe, se houver uma ocasião no futuro em que um dos carros apresentar uma diferença grande de velocidade, vai haver um pedido para a troca de posições. "O que a Force India sempre fez é nos deixar livres. Claro, se houver uma grande diferença de desempenho entre os carros, então certamente eles vão tentar fazer algo para beneficiar a equipe no final."
 
"Mas eles realmente não queriam fazer isso em Montreal, o que acho muito digno. Agora vamos ver se conseguimos uma nova oportunidade de bons resultados aqui", concluiu o francês.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube