Piastri ressalta importância de “mostrar que não é tarefa simples” aos rivais na F1

Oscar Piastri relembrou algumas disputas que teve na pista ao longo de 2023, e ressaltou a importância de deixar claro para os rivais que também é um piloto com boas qualidades

Em seu ano de estreia na Fórmula 1, Oscar Piastri teve como um dos objetivos mostrar que não é só mais um piloto no grid. De acordo com o titular da McLaren, ao longo de 2023 foi necessário se impor e dar demonstrações de que também sabe jogar duro na hora de defender uma posição — tudo isso sem passar dos limites e causar um acidente.

Piastri teve um bom primeiro ano na F1 em 2023 e, além de conseguir dois pódios, ainda venceu a corrida sprint no Catar. Além desses momentos de destaque, o australiano protagonizou disputas duras de posição com o companheiro Lando Norris, no GP da Itália, George Russell no GP dos Estados Unidos, e com Yuki Tsunoda no México.

Relacionadas


Para Oscar, foi de extrema importância mostrar aos rivais que, apesar de ser apenas um estreante, também é um piloto habilidoso capaz de se defender de forma eficiente.

“Claro, há um elemento de respeito. Acho que sempre tento competir com os outros pilotos de forma dura, mas justa. No início da temporada, ou da carreira, é sempre importante mostrar às pessoas que você não é uma tarefa simples, porque isso não é uma coisa legal”, contou Piastri.

Piastri conseguiu um pódio no GP do Japão e do Catar (Foto: Red Bull Content Pool)

Na disputa que travou com Tsunoda no México o japonês levou a pior e rodou. Os comissários analisaram a manobra como um lance de corrida e Piastri saiu impune do incidente. Por isso, o australiano ressaltou que não tem o costume de ser excessivamente agressivo e citou como exemplo sua trajetória nas categorias de base.

“Não acho que seja excessivamente duro, agressivo, ou algo assim. Na minha carreira júnior, uma grande característica dos meus campeonatos foi ficar longe de problemas e ser consistente”, lembrou o #81. 

“Tem um bom ditado que diz que às vezes é mais importante terminar a corrida e estar errado em uma situação, do que estar certo sobre alguma coisa e estar fora da corrida. Então, esse é sempre um elemento que tentei manter. Mas eu apenas tentei correr forte, mas justo”, finalizou.

Em seu primeiro ano junto da McLaren, Oscar Piastri marcou 97 pontos, dois pódios e ficou com a nona posição no Mundial de Pilotos.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro de 2024, com os testes coletivos da pré-temporada, no Bahrein.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.