Panamá estuda levar Fórmula 1 para circuito de rua a partir de 2022

Estudo de viabilidade planeja corrida de rua na cidade do Panamá em 2022. País monitora situação do GP do México para aproveitar brecha e entrar no calendário da Fórmula 1

O Panamá é o novo país que demonstra desejo de receber a Fórmula 1 no futuro. O jornal panamenho 'Mi Diario' publicou um estudo de viabilidade planejado para uma possível corrida em um circuito de rua, em 2022.
 
O estudo foi feito em outubro passado com o nome da Mallol Arquitectos. O desenho do circuito é sobre a Cinta Costera, na Cidade do Panamá, com 5 km de extensão e 17 curvas. A localização exótica, de frente para a praia, é um trunfo utilizado pelos panamenhos para tentar conquistar a F1.
Panamá quer receber F1 em circuito de rua (Foto: Reprodução/Mallol Arquitectos)
No documento vazado, a data esperada para a corrida seria 2022. Os panamenhos monitoram a situação do GP do México, uma das corridas americanas do calendário, que tem contrato expirante em 2022.
 
O Liberty Media, grupo que gerencia a F1, demonstrou interesse na expansão do calendário para 25 corridas. O próximo campeonato da categoria terá 22. Miami é uma das localizações que pretende receber uma prova, com um circuito ao redor do Hard Rock Stadium. O plano foi congelado por conflitos com moradores locais, contrários à prova.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube