Pérez lembra que GP da Hungria exige muita tração do carro, mas acredita em bons pontos da Force India

Sergio Pérez colocou como vital para um bom desempenho na "traiçoeira pista" de Hungaroring uma boa posição de largada. O mexicano lembrou que a pista tem muitas curvas de baixa, mas acredita que a Force India pode voltar para casa com bons pontos

O GP da Hungria não deve ser dos melhores para a Force India. Cheio de curvas de baixa, a pista exige muito da aerodinâmica dos carros e o time indiano acabou de estrear seu bólido de 2015. Mesmo assim, Sergio Pérez garantiu que está otimista e, pensando em um bom treino classificatório, o mexicano acredita em um resultado positivo.
 
O mexicano lembrou que a pista não favorece tanto um time com motor forte como a Force India.
 
“A pista em si é muito técnica e exige muita tração do carro para você fazer as curvas de baixa com muita precisão”, disse.
 
Pérez comentou que não é fácil ultrapassar em Hungaroring, por isto, destacou a importância de uma boa posição no grid.
 
“É uma pista traiçoeira, você sempre parece estar dentro de uma curva, é muito difícil seguir outros carros e fazer ultrapassagens. Então, uma boa posição na largada é fundamental aqui”, falou.
Sergio Pérez acredita que a Force India pode sair da Hungria com bons pontos (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Para o piloto da Force India, o GP da Hungria tem ainda mais valor por ser início do trabalho da equipe com o “carro B” e, especialmente, por ser a última prova antes das férias da F1.
 
“É a última corrida antes das férias, então, conseguir um bom resultado na Hungria daria um grande impulso para o time na segunda metade do ano. Estou otimista, acho que vamos conquistar bons pontos, especialmente pelo que fizemos em Silverstone. Ainda estamos entendendo melhor o carro, mas sinto que teremos bons resultados até o fim do ano”, completou.
 
Pérez aparece na 12ª colocação no Mundial de Pilotos. O mexicano anotou 15 pontos, nove a menos que o companheiro de equipe Nico Hülkenberg.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube