Pérez nega conversas com outras equipes e confia: “Não espero mudanças na Racing Point”

Sergio Pérez disse que a decisão sobre sua permanência ou não na Racing Point está fora do seu controle, “então nem esquento”. Mas, em conversas nos bastidores, o mexicano de Guadalajara acredita que não há motivos para deixar a equipe de Silverstone

Os rumores sobre uma eventual ida de Sebastian Vettel, de saída da Ferrari, para a Aston Martin, novo nome da Racing Point em 2021, ganharam o noticiário. O tetracampeão do mundo despontou, segundo veículos de informação da Europa, como nome escolhido pelo bilionário Lawrence Stroll para liderar um ambicioso projeto que visa tornar a equipe de Silverstone grande na Fórmula 1. Mas a chegada de Vettel provocaria, em teoria, a saída de Sergio Pérez, que entende que jamais o dono dispensaria o filho, Lance Stroll.

Mas nesta quinta-feira (27) de entrevistas coletivas da Fórmula 1 em Spa-Francorchamps, palco do GP da Bélgica neste fim de semana, Pérez adotou um tom confiante a respeito da sua permanência na Racing Point/Aston Martin, equipe com a qual tem contrato até 2022.

Sergio Pérez acredita que vai seguir na Racing Point, mas vê futuro fora de controle (Foto: AFP)

“Acho que, como disse antes, é uma questão de tempo. Eu me sinto muito feliz na equipe. Acredito no projeto, estou aqui há algum tempo e posso ver como a equipe tem crescido. Todos nós sentimos, internamente, que tudo está funcionando bem”, declarou o piloto nascido em Guadalajara.

“Não vejo motivo pelo qual mudaríamos qualquer coisa. Não vejo nenhuma razão para mudar. Acho que estamos vivendo uma grande temporada na pista e as coisas estão funcionando muito bem na equipe. Não espero nenhuma mudança”, salientou.

Quando questionado se chegou a negociar com alguma equipe adversária da Racing Point e que tenha vaga disponível no grid, como Haas e Alfa Romeo, Pérez negou e reforçou a sua confiança em seguir onde está. “Não. O feedback que recebo dentro da equipe é de que nós todos queremos continuar”.

Contundente, Pérez atribuiu sua confiança a “conversas nos bastidores” da equipe.

“Todo o feedback que recebo é muito positivo, então sigo com isso, e é daí que vem minha confiança e onde ficamos tranquilos. É uma situação que está fora do meu controle, então nem esquento. Me concentro em correr, me divertir e, aconteça o que acontecer, está fora do meu controle, então nem dou muita bola para isso”, salientou.

Em contrapartida, ao ser perguntado sobre o fato de a equipe ainda não ter anunciado a definição da dupla de pilotos para 2021, Lance Stroll saiu pela tangente. “Não vou contar a história que você quer vender. Não há mais nada a dizer sobre esse assunto”, disse.

Enquanto Pérez acredita que tem tudo para seguir na equipe inglesa para a próxima temporada, a emissora alemã RTL, por meio do jornalista Felix Goerner, disse que não há nenhum contrato a ser assinado por Vettel, ao menos para o fim de semana do GP da Bélgica, sétima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades do GP da Bélgica de F1 neste fim de semana.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube