Petrobras nega corte de investimento na F1, ressalta contrato e confirma continuidade da parceria com Williams

Os cortes da Petrobras não vão chegar à F1, segundo apurou o jornalista Americo Teixeira Jr, dono do Diário Motorsport e parceiro do GRANDE PRÊMIO. A estatal pretende continuar honrando o contrato com a Williams

Embora seja de conhecimento que a Petrobras está reavaliando algumas de suas ações, a F1 não entra na lista daquilo que será descontinuado ou modificado. É o que garantem os executivos responsáveis pelo tema. 
 
"A Petrobras esclarece que tem um contrato de médio prazo com a Williams, sem necessidade de renovação anual, e que não há nenhuma intenção da Petrobras em descontinuar a parceria", disse a assessoria de imprensa de forma bastante taxativa.

"A gasolina Petrobras acaba de ser aprovada em uma das etapas do Programa de Desenvolvimento de Produtos estabelecido pela fornecedora de motores da equipe", seguiu a assessoria.

Leia a reportagem completa no Diário Motorsport.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube