Gasly entra em penúltimo ano de contrato de olho em novos rumos na F1

Após alcançar seu melhor resultado na carreira em 2021, Pierre Gasly entra em seu penúltimo ano de contrato com a Red Bull para mostrar de vez que merece pilotar um carro mais competitivo

O francês Pierre Gasly alcançou seu melhor rendimento da carreira em 2021, quando conseguiu somar 110 pontos e levar a AlphaTauri até o final do ano na briga pelo quinto lugar do Mundial de Construtores. Não foi possível vencer a Alpine, mas ficou claro que o problema não foi o piloto #10 — que saiu bastante fortalecido da temporada. Para efeito de comparação, o companheiro de equipe do francês, Yuki Tsunoda, não passou dos 32 tentos.

Agora, em seu penúltimo ano de contrato com a Red Bull, Gasly vai para mais um ano na AlphaTauri com a sensação de que já poderia ter dado um passo maior na principal categoria do automobilismo mundial. Tido como uma das principais promessas do grid, é natural que o piloto passe a observar outras possibilidades caso não tenha uma nova chance no time principal em 2023.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pierre Gasly chegou a liderar o primeiro dia de testes no Bahrein (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

É justamente esse assunto que João Pedro Nascimento aborda no vídeo de hoje. Com a dupla da Red Bull sendo formada por Max Verstappen e Sergio Pérez novamente em 2022, existe a possibilidade de contratar Gasly para 2023, em caso de nova temporada boa? Ou o piloto vai precisar analisar outras possibilidades dentro do grid no objetivo de ter um carro competitivo?

A temporada 2022 da Fórmula 1 começa no final de semana entre os dias 18 e 20 de março, com a primeira etapa no Bahrein — mesmo palco dos últimos três dias de pré-temporada.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar