Gasly surpreende e lidera treino livre 3 no Azerbaijão. Hamilton é 3º e Verstappen bate

Surpresa no treino livre 3 do GP do Azerbaijão. Pierre Gasly, com a AlphaTauri, foi o mais rápido da sessão em Baku. O francês virou 0s344 que Sergio Pérez, com a Red Bull. Lewis Hamilton reagiu e foi o terceiro, enquanto Max Verstappen provocou bandeira vermelha

Max Verstappen bateu na curva 15 durante o treino livre 3 do GP do Azerbaijão (Vídeo: Reprodução)

Nem Red Bull, nem Ferrari, tampouco Mercedes. O treino livre 3 do GP do Azerbaijão reservou uma enorme surpresa na liderança da tabela de tempos. Pierre Gasly, com a AlphaTauri, foi o mais rápido e virou 1min42s251 no início da tarde deste sábado (5) em Baku. O francês superou Sergio Pérez, da Red Bull, em 0s344, enquanto Lewis Hamilton reagiu depois de uma sexta-feira particularmente difícil para a Mercedes e foi o terceiro, 0s446 atrás do líder da sessão.

Max Verstappen, por sua vez, terminou somente em P15. O holandês, que desponta como um dos favoritos no fim de semana, bateu na saída da curva 15, causou a única bandeira vermelha da sessão e não conseguiu voltar para a pista.

Charles Leclerc e Carlos Sainz, com a Ferrari, terminaram em quarto e quinto, respectivamente. Lando Norris, da McLaren, foi o sexto, seguido por Fernando Alonso, que faz bom fim de semana até agora no Azerbaijão. Yuki Tsunoda, companheiro de equipe de Gasly e que chegou a andar em segundo na sessão, foi o oitavo, à frente de Esteban Ocon, da Alpine, e de Daniel Ricciardo, também da McLaren.

Pierre Gasly foi a grata surpresa do treino livre 3 do GP do Azerbaijão (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

A Fórmula 1 acelera logo mais com a classificação do GP do Azerbaijão, marcada para 9h (de Brasília), com transmissão ao vivo pela Band na TV aberta, do BandSports na TV por assinatura e também pelo serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o treino livre 3 da Fórmula 1 no Azerbaijão

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Depois de uma sexta-feira de Red Bull e Ferrari muito bem e de Mercedes em princípio de crise, o sábado de Fórmula 1 começou em Baku com a Haas abrindo os trabalhos de pista com Mick Schumacher e Nikita Mazepin. Logo depois, Fernando Alonso, da Alpine, se uniu à dupla, antes de os demais também deixarem os boxes.

O asfalto estava bem quente, por sinal: 56ºC no início do treino, enquanto a temperatura ambiente era de 28ºC naquele momento, às 13h07 pelo horário local.

Ainda no início da sessão, durante sua primeira volta rápida, Valtteri Bottas escapou da pista e rodou à altura da curva 3. O incidente ocorreu sem maiores consequências, e o finlandês logo voltou a acelerar.

VALTTERI BOTTAS; MERCEDES; TL3; TREINO LIVRE 3; BAKU; AZERBAIJÃO
Valtteri Bottas rodou na sua primeira volta rápida do dia (Foto: Reprodução)

Nos primeiros instantes, Sergio Pérez assumiu a liderança e marcou 1min44s404 com pneus duros. O mexicano foi um dos grandes destaques da sexta-feira ao alcançar o melhor tempo do dia, deixando Max Verstappen para trás por 0s101. Lewis Hamilton, que aparecia somente em décimo no início da sessão, reportava falta de aderência do asfalto azeri.

Em seguida, Pérez marcou 1min44165 e reforçou sua condição de líder do treino, enquanto Max Verstappen fechou sua primeira volta rápida e marcou 1min44s898. Só que, logo depois, Yuki Tsunoda tomou a dianteira com 1min43s447, mas usando pneus macios. O japonês foi seguido pela dupla da Ferrari. Com compostos médios, Charles Leclerc e Carlos Sainz subiam para segundo e terceiro, respectivamente.

Pierre Gasly, companheiro de equipe de Tsunoda na AlphaTauri, também chegou a ocupar a ponta depois de estabelecer 1min43s187 com pneus macios. Hamilton, na sua sequência de volta, reclamava do equilíbrio do carro da Mercedes tanto na parte traseira como na dianteira. O início da tarde não era dos mais favoráveis para o heptacampeão.

MAX VERSTAPPEN; TREINO LIVRE 3; BAKU; AZERBAIJÃO;
Max Verstappen bateu na curva 15 e causou a bandeira vermelha no TL3 em Baku (Foto: F1/Twitter)

Com 26 minutos de treino, Verstappen perdeu a traseira do carro e bateu de leve na barreira de proteção na curva 15, onde Charles Leclerc bateu na sexta-feira. O impacto foi o bastante para quebrar o braço da suspensão dianteira direita. O holandês insistiu com um fiscal de pista para empurrar o carro para trás e tentar voltar para a pista, mas depois saltou do bólido, claramente insatisfeito.

A direção de prova, então, acionou a bandeira vermelha para ter segurança o bastante para resgatar o carro de Max.

Cerca de 10 minutos depois, a direção de prova acionou novamente a bandeira verde. A tabela de tempos mostrava algo incomum: AlphaTauri em primeiro e segundo com Gasly e Tsunoda na dobradinha. Leclerc era o terceiro, seguido por Pérez e Verstappen, este já fora do treino. Hamilton aparecia apenas em décimo, enquanto Bottas vinha somente em 14º. Na retomada da sessão, a Mercedes mandou seus dois pilotos de volta à pista com pneus médios.

LEWIS HAMILTON; TL3; TREINO LIVRE 3; AZERBAIJÃO; BAKU;
Lewis Hamilton se queixou da falta de equilíbrio do carro e da falta de aderência da pista em Baku (Foto: Mercedes)

Já a Ferrari mandou Leclerc e Sainz de volta para a pista com pneus macios. Em volta lançada, o espanhol partia para fazer o melhor tempo do TL3, mas cometeu um erro e escapou na curva 15. Carlos evitou a batida, voltou para a pista, mas perdeu grande chance de assumir a liderança da sessão.

Outro piloto que enfrentou problemas e chegou a tocar na barreira de proteção foi Mazepin, que se chocou de leve ao escapar de traseira com a Haas, mas sem causar tantos danos ao carro.

Nos minutos seguintes, a luta pela ponta ficou entre Leclerc e Pérez. O monegasco virou 1min42s778, mas ‘Checo’ deu o troco em seguida par virar 1min42s595 e colocou a Red Bull na ponta novamente no Azerbaijão. Gasly continuava em terceiro e era seguido por Alonso, em ótima tarde em Baku, Sainz e Tsunoda, sexto colocado.

Quando a sessão se encaminhava para o fim, George Russell enfrentou problemas no motor e precisou parar o carro da Williams na área de escape da curva 1. Por instantes, o safety-car virtual foi acionado para neutralizar o setor do incidente.

Ainda restava tempo para as derradeiras simulações em ritmo de classificação. Foi aí que Gasly surpreendeu de novo e registrou 1min42s251, superando Pérez em 0s344, para subir novamente para a liderança do TL3. ‘Checo’ era o segundo, enquanto Hamilton subiu para terceiro depois de fazer o melhor tempo no terceiro setor.

Logo depois, o treino livre se encerrou com a surpresa Gasly na frente da tabela de tempos.

Fórmula 1 2021, GP do Azerbaijão, Baku, treino livre 3:

1P GASLYAlphaTauri Honda1:42.251 16
2S PÉREZRed Bull Honda1:42.595+0.34419
3L HAMILTONMercedes1:42.697+0.44616
4C LECLERCFerrari1:42.778+0.52716
5C SAINZFerrari1:43.006+0.75517
6L NORRISMcLaren Mercedes1:43.011+0.76015
7F ALONSOAlpine1:43.080+0.82915
8Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:43.244+0.99319
9E OCONAlpine1:43.294+1.04315
10D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:43.557+1.30617
11S VETTELAston Martin Mercedes1:43.585+1.33413
12L STROLLAston Martin Mercedes1:43.682+1.43113
13V BOTTASMercedes1:43.745+1.49416
14K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:43.826+1.57517
15M VERSTAPPENRed Bull Honda1:43.984+1.7336
16N LATIFIWilliams Mercedes1:44.054+1.80317
17A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:44.113+1.86211
18G RUSSELLWilliams Mercedes1:44.434+2.18312
19M SCHUMACHERHaas Ferrari1:45.282+3.03117
20N MAZEPINHaas Ferrari1:45.711+3.46012

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar