Pilotos da F1 repetem GP da Rússia de 2014 e vão respeitar um minuto de silêncio para Bianchi na Hungria, diz jornal

Os pilotos da F1 vão repetir o que fizeram antes do GP da Rússia de 2014 e vão respeitar um minuto de silêncio em memória de Jules Bianchi. O francês morreu aos 25 anos na última sexta-feira

determinarTipoPlayer(“15546073”, “2”, “0”);

A F1 vai respeitar um minuto de silêncio em respeito à memória de Jules Bianchi antes do GP da Hungria deste domingo (26). A informação é do jornal britânico “The Telegraph”.
 
Bianchi morreu na noite da última sexta-feira, aos 25 anos, não resistindo ao acidente que sofreu no GP do Japão de 2014, nove meses atrás, quando colidiu com um guindaste que recolhia o carro de Adrian Sutil.
 
Esta não vai ser a primeira vez que a F1 vai respeitar um minuto de silêncio para Bianchi. No GP da Rússia do ano passado, logo depois do acidente, a categoria alinhou seus pilotos na parte da frente do grid em respeito ao francês.
Os pilotos da F1 respeitarão um minuto de silêncio para Jules Bianchi (Foto: Lotus/Facebook)
Nesta terça-feira (21), a F1 esteve reunida para uma ocasião extra-pista e nada especial. Grande parte dos pilotos da categoria e dirigentes das dez equipes que compõem o Mundial, sobretudo a Manor, que assumiu o controle da Marussia, acompanharam o funeral de Bianchi na catedral Sainte-Réparate‏, no centro de Nice, na França.
 
Os colegas de Bianchi estiveram em peso: Lewis Hamilton e Nico Rosberg, protagonistas da disputa pelo título deste ano, são acompanhados por Sebastian Vettel, Felipe Massa, Pastor Maldonado, Nico Hülkenberg, Jenson Button, Daniel Ricciardo, Marcus Ericsson, Roberto Merhi, Esteban Gutiérrez e Adrian Sutil.
 
A Ferrari mandou uma comitiva liderada pelo chefe Maurizio Arrivabene, que contou também com Luca Baldisseri (responsável pela Academia de Pilotos), Massimo Rivola (diretor esportivo) e do assessor de imprensa Alberto Antonini.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube