Pirelli nega mudança com pneus e diz que F1 tem de escolher “circuitos certos” para sprint

Simone Berra, engenheiro-chefe da Pirelli, negou que a falta de emoção na sprint possa ser solucionada com os pneus e sugeriu à F1 circuitos que ajudem nesse quesito

A Fórmula 1 está discutindo formas de mudar o formato sprint das etapas para torná-lo mais emocionante — desde mudar a prova curta para sexta-feira até a a possibilidade de grid invertido. Nesta temporada, seis sprints foram realizadas.

Os pneus são sempre foco da discussão. Foi também nesta temporada que a categoria testou compostos obrigatórios na classificação da corrida principal, usando duros no Q1, médios no Q2 e macios no Q3. Os testes aconteceram na Hungria e Itália — e, desde a primeira sprint em 2023, vale lembrar, isso virou regra na classificação ‘shootout’, mas um pouco diferente: médios no Q1, médios no Q2 e macios no Q3.

Relacionadas


No entanto, para a engenheiro-chefe da Pirelli, Simone Berra, a mudança que a F1 almeja fazer na sprint não deve ter como foco os pneus. A real questão tem de ser os lugares onde a prova curta é realizada.

“Não creio que devamos mudar nada em termos de distância para a sprint”, explicou.  “Deveria ser melhor decidir corretamente onde o traçado do circuito pode ajudar, porque podemos tomar decisões para ajudar a sprint a ser ainda mais espetacular”, continuou.

F1 2023, GP DA BÉLGICA, SPA-FRANCORCHAMPS, QUINTA-FEIRA, PNEUS, PIRELLI, AFP
A Pirelli quer melhorar a comunicação entre ela e a Fórmula 1 (Foto: AFP)

“O layout do circuito é muito importante, para selecionar os circuitos adequados para ter um bom espetáculo”, seguiu.

Berra ainda lembrou do problema quase particular que as equipes enfrentaram no Catar, por conta dos desgaste. Contudo, reiterou que tudo depende do circuito escolhido pela categoria.

“Não é um equilíbrio fácil porque se tiver uma degradação elevada eles [os pilotos] têm de gerir, mas se tiver uma degradação baixa eles podem forçar, mas não há qualquer diferença de ritmo porque a degradação é baixa para todos. Portanto, é sempre uma combinação onde você seleciona a pista, seleciona os compostos e algumas equipes conseguem extrair melhor desempenho do que outras”, finalizou.

Fórmula 1 retorna no dia 18 de novembro com a edição inaugural do GP de Las Vegas, nos Estados Unidos. Será a 21ª e penúltima etapa do campeonato.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.