Por conta da lesão que o tirou do GP da Austrália, Bottas revela que terá de fazer exercícios especiais por toda carreira na F1

Valtteri Bottas ficou de fora do GP da Austrália neste ano por conta de uma lesão na parte inferior das costas. Mesmo recuperado, o finlandês segue com exercícios especiais para evitar novas complicações e disse que terá manter o procedimento por toda a carreira na F1

Valtteri Bottas revelou que, após a lesão nas costas que o tirou do GP da Austrália, terá de fazer exercícios especiais na coluna para o resto da carreira, como forma de prevenir complicações no futuro.

Depois do treino classificatório em Melbourne, na abertura da temporada 2015 da F1 em março, o finlandês foi levado ao hospital, onde ficou diagnosticada uma lesão leve no tecido da parte inferior de suas costas. Após um período de recuperação, Bottas retornou às pistas na corrida seguinte, na Malásia, mas a Williams precisou mudar a posição dos pedais e do banco do carro para melhorar o conforto do piloto.

Bottas terá de fazer exercícios por toda a carreira na F1 (Foto: AP)

O nórdico deixou claro que não sente dores mais, mas que precisa realizar uma série de exercícios para se manter em forma e terá de repeti-los enquanto permanecer na F1. "Ainda estou fazendo exercícios específicos para a parte inferior das costas e para os músculos três ou quatro vezes por semana", contou o piloto em entrevista ao site da revista inglesa 'Autosport'.

"Acho que vou continuar com isso por toda a minha carreira, apenas para ter certeza de que não vai mais acontecer novamente", completou Valtteri, que segue na quarta posição no Mundial de Construtores, com 77 pontos.

Questionado se achou que a lesão pudesse atrapalhar sua performance em 2015, o companheiro de equipe de Felipe Massa não escondeu o jogo. "Um pouco, talvez", admitiu.

"Acho que na primeira classificação depois da lesão, sim, porque não estava 100%. Aí você fica chateado porque perdeu uma corrida, e a todo o momento você pensa que pode acontecer de novo, o que não torna as coisas mais simples", explicou Bottas. "Mas depois disso, acho que tudo correu bem e, ultimamente, não tenho dito qualquer problema", acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube