Por fãs, Hamilton promete “ataque total” no GP do México e faz avaliação da carreira: “Mudei muito, cresci muito”

Lewis Hamilton garantiu que vai seguir atacando o tempo todo, atrás de mais e mais triunfos. O britânico também fez uma avaliação da carreira, dizendo que evoluiu dentro e fora das pistas na F1

Lewis Hamilton quer seguir vencendo em 2015. Já tricampeão, o britânico falou na coletiva de imprensa mexicana nesta quinta-feira (29) que vai continuar com a proposta de "ataque total", querendo vencer a primeira prova no México em 23 anos para fazer história.
 
Hamilton afirmou que os últimos dias foram de descanso, mas também de reflexão, buscando acreditar que conquistou o tricampeonato.
 
"Muito bom estar aqui no México pela primeira vez. Relaxei nos últimos dias. Acho que ainda não caiu totalmente a ficha. Parece que todo dia eu me belisco pensando ‘não acredito que isso aconteceu mesmo", disse.
Lewis Hamilton vai para o México querendo ganhar (Foto: Mercedes)
O inglês seguiu falando que seguirá com a mesma atitude, buscando marcar seu nome na história da prova mexicana.
 
"Para mim, sempre é ataque total. Ainda temos essas três corridas, e este GP do México, o primeiro em 23 anos. É empolgante para os mexicanos, para nós. Todos aqui queremos ter nosso nome entre os vencedores desta corrida", falou.
Hamilton comentou as diferenças em sua carreira, explicando o quanto cresceu como piloto e também como pessoa com o passar dos anos.
 
"Eu acho que mudei muito. Cresci muito. Antes da F1, não tinha nenhuma preparação para lidar com a imprensa e coletivas assim, e demorei um tempo para me acostumar a este lado da F1. E tenha a fama, poder me sentir mais confortável comigo mesmo, em dar um pouco mais as caras e mostrar quem eu sou. E, como um piloto, acho que sou bem mais completo hoje", afirmou.
Lewis Hamilton acredita que cresceu muito durante seus anos de F1 (Foto: Getty Images)
Para o inglês, sua atitude dentro da pista não deve mudar, visto que os resultados são excepcionais. 
 
"Eu acho que tenho tido uma abordagem bem equilibrada entre risco e não muito risco. Não sinto que tenho que mudar, isso me fez bem neste ano com as dez vitórias. É claro, não tem pressão neste fim de semana, então é curtir a experiência. É o que vou tentar fazer", garantiu.

O piloto do #44 da Mercedes falou também da altitude na prova, imaginando condições exigentes na prova deste fim de semana.

"Não sei o que esperar. No inverno, eu treino em altas altitudes, então imagino que seja mais exigente. Mas temos que esperar. No simulador, não dá para saber", completou.

 
Hamilton domina completamente a temporada 2015 da F1. Já consagrado tricampeão mundial, o britânico tem 327 pontos, 76 a mais que Sebastian Vettel.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube