Preocupado, Grosjean questiona motivação dos atentados de Paris, mas diz que precisa estar ‘100% focado’ na corrida

Não está fácil para Romain Grosjean. Em São Paulo para a etapa do GP do Brasil, o francês afirmou estar preocupado com toda a situação em sua terra natal, mas afirma que precisa estar totalmente focado quando estiver dentro do caro

Está sendo um final de semana bastante intenso emocionalmente para Romain Grosjean. Neste sábado (14) aconteceu a classificação para o GP do Brasil, e em São Paulo para a etapa, ele está tendo que acompanhar de longe toda a repercussão dos atentados da última sexta-feira na cidade francesa.
 
O piloto afirmou estar, claramente, preocupado com tudo o que está acontecendo em sua terra natal, mas que não pode ficar pensando sobre o assunto quando está dentro do carro, e seu principal objetivo é ficar focado.
 
“Quando você está no carro você precisa pensar no que está fazendo, é perigoso e você precisa estar 100% focado naquilo. Fora do carro claro que é diferente, é um dia especial, minha família toda está em Paris e eu estou bastante preocupado”, disse.
Romain Grosjean com uma bandeira da França no macacão (Foto: Reprodução/Twitter)
“Tenho sorte que ninguém que amo ou amigos ficaram feridos, e a grande questão agora é por que fizeram isso. Mas torço para que se resolva muito rápido”, completou.
 
Sobre a classificação, o francês lamentou o erro que cometeu no Q2, e que agora ele e a equipe terão que correr atrás na corrida. “Na primeira tentativa acabei muito devagar na curva 1, queria um tempo de volta e também estava muito otimista comigo mesmo”, explicou.
 
“Sobre a minha segunda tentativa do Q2, eu realmente não sei o que aconteceu na curva 6, não estava mais rápido que o giro anterior. Não sei o que realmente aconteceu, acabamos perdendo a traseira por nenhuma grande razão. Bem, o Q3 era o nosso objetivo, então sim, é uma pena largar apenas em 14º, mas é uma corrida longa, muitas coisas podem acontecer, muitas estratégias diferentes, e daremos nosso melhor”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube