Presidente da Ferrari nega preocupação e diz que espera manter Alonso até fim do acordo em 2016

Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, disse não se preocupar com o futuro de Fernando Alonso e que espera manter o bicampeão na equipe, apesar do assédio das rivais

Presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo afirmou que não possui preocupações com relação ao compromisso de longo prazo de Fernando Alonso, apesar do assédio da McLaren nos últimos meses para um retorno do piloto 2015. O futuro do espanhol se tornou alvo de especulações durante a segunda metade da temporada, depois que o bicampeão tomou uma advertência pública do dirigente por ter criticado a equipe italiana.

Montezemolo, entretanto, afirmou que a relação com Alonso está muito melhor agora e que não vê possibilidade de o piloto deixar a esquadra vermelha antes do encerramento de seu contrato, que acaba no fim de 2016. "Os rumores sobre o futuro de Fernando são sempre algo bom para a imprensa. Às vezes, até mesmo para os torcedores", disse o dirigente.

Luca di Montezemolo e Fernando Alonso em Monza (Foto: Getty Images)

"Estou muito satisfeito com Fernando. Ele tem contrato conosco até final de 2016 e a minha única preocupação é dar a ele um carro melhor. Tenho um monte de problemas, mas piloto não é um deles. Falaremos mais daqui a dois anos", completou Montezemolo, admitindo que Alonso estava frustrado com a falta de evolução da Ferrari deste ano.

O italiano ainda reiterou que agora é o momento para que o espanhol também trabalhe para reverter junto com o time a situação.

"Eu entendo e compartilho da frustração dele. Eu disse a Fernando que ele chegou em segundo neste ano graças a sua própria capacidade e não por conta do carro. Por outro lado, eu quero um piloto que, mesmo nos momentos difíceis, esteja ao lado da equipe. Este esforço eu pedi a ele no meio da temporada. E estou feliz tê-lo no time", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube