Pressionado, Palmer falha em identificar erros e diz que não tem explicação para dificuldades da temporada 2017

Sem pontuar em 2017, Jolyon Palmer afirmou que não tem explicação para suas dificuldades de performance. Britânico acredita que não fez nada de errado ao longo do ano

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Jolyon Palmer afirmou que “não tem uma explicação” para sua dificuldade para acompanhar o ritmo de Nico Hülkenberg. O britânico ainda não pontuou na temporada 2017 da F1, enquanto o companheiro de Renault ocupa a 11ª colocação no Mundial de Pilotos, com 18 pontos.
 
Chefe da Renault, Cyril Abiteboul já deu sinais de impaciência e cobrou publicamente Palmer, afirmando que a equipe precisa de dois pilotos que pontuem. Além disso, rumores apontam até para uma substituição em meados da temporada , com Sergey Sirotkin e Robert Kubica aparecendo como candidatos.
Jolyon Palmer não sabe explicar seus problemas de performance em 2017 (Foto: AFP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“O que coloca pressão não é fazer boas performances”, disse Palmer. “A maneira de parar esses rumores é se sair bem na pista e tomara que possamos fazer isso”, continuou.
 
Perguntando pela publicação alemã ‘Speed Week’ sobre o motivo de suas dificuldades em 2017, Jolyon respondeu: “Eu não tenho uma explicação”.
 
“Não acho que tenha feito algo errado”, avaliou o piloto de 26 anos. “São só pequenas coisas que fazem a diferença. Eu simplesmente tenho de guiar o melhor que posso — o que acontece do outro lado da garagem não importa”, concluiu.
PADDOCK GP #82 TEM PRESENÇA DE ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube