Räikkönen “aceita” 5º no grid, mas ainda cobra evolução da Alfa Romeo na Alemanha

Kimi Räikkönen não dá uma nota 10 para a atuação da Alfa Romeo no treino classificatório em Hockenheim. Apesar de se ver em boa posição para a corrida, o finlandês ainda sente a necessidade de melhorar o carro

Quem vê o quinto lugar de Kimi Räikkönen no treino classificatório do GP da Alemanha, neste sábado (27), supõe um clima de satisfação na Alfa Romeo. Só que talvez não seja bem assim: o finlandês acha que a equipe, apesar de ter feito um bom trabalho, ainda pode evoluir em Hockenheim.
 
“Acho que a gente poderia levar uma nota 10, mas temos algumas áreas em que podemos melhorar”, comentou Räikkönen. “Mesmo assim, vamos aceitar isso e ir em frente, ver como o clima vai estar amanhã. Vamos tentar nosso melhor e ver aonde chegamos”, seguiu.
Kimi Räikkönen ficou bem posicionado no grid de largada (Foto: Alfa Romeo)

Ao aparecer em quinto, Räikkönen foi o melhor piloto do pelotão intermediário. O campeão da F1 superou Romain Grosjean e Carlos Sainz Jr., rivais diretos, para garantir a melhor posição de largada possível. A segunda parte do desafio, na corrida, promete outro roteiro: é possível que a chuva caia e embaralhe as coisas.

 
“Sinceramente, não vi ainda as voltas que eu fiz e não tenho ideia de o que os outros fizeram, mas veremos. Não sei como vai estar o clima amanhã, se chove ou não. Era para chover hoje, então vamos esperar e ver”, encerrou.
 
Räikkönen superou com certa folga o companheiro Antonio Giovinazzi, 11º no grid de largada. O finlandês foi premiado com duas posições ao ver a Ferrari sofrer um desastre em dose dupla: Sebastian Vettel quebrou no Q1, enquanto Charles Leclerc teve o mesmo destino no Q3. A pole-position em Hockenheim, assim, ficou com Lewis Hamilton.
 

Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube