Räikkönen descarta problema com novo sistema de freio e diz que dificuldade está no acerto da F14T

Kimi Räikkönen descartou que tenha enfrentado qualquer tipo de problema com o sistema brake- by-wire durante o GP da Austrália e afirmou que seus problemas com a Ferrari estão ligados ao acerto da F14T

Kimi Räikkönen caminha pela paddock de Sepang nesta quinta-feira (Foto: Getty Images)

Kimi Räikkönen insistiu que questões mais amplas relacionadas com o acerto geral de sua Ferrari são as principais causas de seus problemas de desempenho com a F14T e descartou que esteja enfrentando qualquer problema específico com o brake- by-wire, o novo sistema de freio introduzido na temporada deste ano na F1.

No retorno à equipe italiana, o finlandês sofreu com um fim de semana difícil na Austrália, há duas semanas, e encontrou dificuldades para se acertar com o carro vermelho. Apesar de a própria esquadra ter sugerido que um dos problemas do nórdico estava relacionado ao sistema brake- by-wire, o piloto afirmou que a situação vai muito além disso.

"Não sei de onde saiu isso, mas a questão não é essa", assegurou Räikkönen, durante a coletiva de imprensa da FIA, nesta quinta-feira (27), na pista da Malásia, palco da segunda etapa do Mundial neste final de semana.

"Não há nada de errado com o sistema. Alguém perguntou após a corrida se não era esse o problema, mas não é verdade. A maior dificuldade tem sido o acerto, ou seja, deixar o carro ao meu gosto. Estou certo de que, quando conseguirmos isso, então tudo será mais fácil e terei uma confiança maior", disse.

Quando questionado se teria tido vontade de testar no simulador, com o objetivo de solucionar os problemas, Kimi foi seco e respondeu rápido: "Não."

Räikkönen ainda garantiu que a Ferrari está trabalhando muito para reduzir a diferença para a Mercedes. "Obviamente, não é o início ideal, mas estamos trabalhando para alcançar os nossos rivais. Depois de um fim de semana de dificuldades na Austrália, acho que tiramos coisas positivas. Há uma grande quantidade de pessoas trabalhando na fábrica. Ainda temos muito que fazer e não vamos parar de progredir", encerrou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube