Räikkönen e Alonso acreditam que Ferrari pode chegar ao pódio em “corrida no escuro” na Austrália

Dupla ferrarista demonstra alguma confiança no carro da equipe e acredita que F14T pode andar na frente em Melbourne


Numa nova F1, onde faltam certezas e sobram novidades, a dupla de campeões mundiais que defende a Ferrari em 2014 acredita que as chances de vitória da equipe de Maranello não podem ser descartadas, mesmo com as dificuldades demonstradas em Jerez e Sakhir.

Segundo Kimi Räikkönen, é impossível cravar se a Ferrari pode fazer frente aos favoritos da Mercedes por uma vitória, mas é possível, sim, que as F14T possam andar nas primeiras posições.

Kimi Raikkonen e Fernando Alonso acreditam que podem brigar por pódios com o F14T (Foto: Getty Images)
“É difícil dizer se podemos vencer. Claro que é o objetivo, mas com tantas incertezas, nunca se sabe. Talvez não tenhamos tido o melhor dos testes nos últimos dias, mas acho que fizemos a maior parte do que planejamos. Temos que ver como será o início e tentar ficar em boas posições, terminar a corrida e, quem sabe, conseguir um pódio”, falou.

“Podemos fazer nosso melhor e ver onde terminamos. Se fizermos tudo certo, devemos ficar lá em cima”, disse Kimi.

Alonso pensa semelhante ao companheiro, mas ressalta: “Precisamos ver o quão competitivos nós somos.”

“Não podemos ser muito otimistas ou pessimistas, porque provavelmente é uma corrida no escuro para todos em termos de desempenho. Se acertarmos em tudo, aí pontos e pódio são possíveis”, afirmou.

LEITOR DO GRANDE PRÊMIO TEM PREÇO ESPECIAL: viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com a AMK VIAGENS. Veja aqui

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa <a href=F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104" src="https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1/s843x403/1239391_634676119915289_405699877_n.jpg" style="background-color: transparent;border: none;margin: 0px;padding: 0px;vertical-align: baseline;height: 215px;width: 580px;background-position: initial initial"/>

“Esse ano basta um erro pequeno e talvez a corrida esteja encerrada para nós. O foco tem de ser 100%”, seguiu.

Para o espanhol, no entanto, o resultado na Austrália não vai dar a tônica na temporada. Alonso defende que aconteça o que for, é apenas a primeira etapa.

“As primeiras duas corridas são menos representativas do que as outras. A Mercedes pareceu muito forte, como vimos nos testes. Mas eram só testes. Mesma coisa com a Red Bull. Muita gente fala dos problemas deles, porém a verdade é que só vamos saber a partir de agora”, completou.

GRANDE PRÊMIO EUROBIKE: mostre que você sabe tudo de F1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube