Räikkönen evita apontar favoritos e afirma que disputa para GP da Austrália “está aberta”

Evitando qualquer tipo de previsão, Kimi Räikkönen evitou também falar de favoritos e afirmou que a disputa está aberta para o GP da Austrália, que abre a temporada 2014 da F1 em 16 de março

Às vésperas de disputar sua primeira temporada de retorno à Ferrari, Kimi Räikkönen evitou fazer previsões ou apontar favoritos. Para o finlandês, a briga no GP da Austrália "está aberta", especialmente depois dos testes finais da pré-temporada. A corrida em Melbourne abre o Mundial na próxima semana, no dia 16 de março.

O campeão de 2007 também afirmou que vê a equipe italiana em boa posição e bem preparada para a temporada 2014. "Fazer previsões nunca foi um hábito e neste ano há ainda mais motivos para não fazê-las", explicou o piloto.

Kimi Räikkönen vê Ferrari bem preparada (Foto: Getty Images)

"Estamos ainda aprendendo sobre o novo carro. A disputa está aberta e tudo pode acontecer. Em Maranello, todos têm trabalhado muito, e a F14T parece um bom carro, mas a pista é que vai dizer quem é o mais rápido. Só quando começarmos a temporada é que poderemos ver em que posição verdadeiramente estamos ou ter mais dados para isso", completou o ferrarista.

Räikkönen ainda vai desembarcar em Melbourne como o vencedor mais recente da prova. O nórdico abriu o campeonato de 2013 com uma expressiva vitória com a Lotus. Mas o Albert Park também foi palco de seu primeiro triunfo com a Ferrari em 2007.

"Eu em lembro muito bem da minha primeira vitória com a Ferrari", disse Kimi. "Não poderia ter tido um começo melhor para o meu sétimo ano na F1. Ganhar é sempre ótimo. Nada é melhor do que isso."

"No ano passado, conseguimos vencer também, o que surpreendeu muita gente, porque ao contrário de 2007, não éramos os favoritos com a Lotus. Então, se tivesse de comparar as duas vitórias, de alguma forma, a de 2013 foi melhor", acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube