RB valoriza pilotos e neutraliza chance de Lawson assumir vaga na Fórmula 1

O neozelandês substituiu Ricciardo em 2023 e competiu ao lado de Tsunoda em cinco provas, terminando à frente do japonês em quatro corridas e somando dois pontos no GP de Singapura

As esperanças de Liam Lawson em retornar à Fórmula 1 de maneira definitiva parecem ter diminuído na RB em 2025. A equipe de Faenza demonstrou estar satisfeita com a atual formação dos pilotos e não quer pensar em trocas neste momento. Yuki Tsunoda e Daniel Ricciardo estão correspondendo às expectativas, sobretudo o japonês, dono da maioria dos pontos somados pelo time na temporada.

Tsunoda faz parte da segunda equipe da Red Bull desde 2021. Já o Ricciardo, vencedor de corridas na categoria, juntou-se ao time em 2023 e vem tentando se consolidar. Lawson estreou na categoria principal do automobilismo no GP da Holanda de 2023, em Zandvoort, quando o australiano sofreu uma lesão na mão esquerda e teve de passar por uma cirurgia. O piloto, então com 22 anos, competiu ao lado de Tsunoda em cinco provas, terminando à frente do japonês em quatro oportunidades e, inclusive, somando dois pontos no GP de Singapura.

“Temos uma equipe muito forte. Temos um ótimo piloto reserva. Temos grandes talentos vindo da F2 e da F3. No momento, o que importa é focar no desempenho – o foco está mais na Aston Martin à nossa frente do que nas discussões sobre pilotos”, afirmou CEO da RB, Peter Bayer, ao site Race Fans. “Estamos muito felizes com nossos dois pilotos e, honestamente, não estamos perdendo tempo discutindo ‘se’ e ‘quando'”, completou.

Apesar de fechar a porta temporariamente para Lawson, o dirigente valorizou o piloto e disse que considera ele um “membro extremamente valioso”.

Liam Lawson fez sua última corrida na F1 em 2023 no Catar (Foto: Red Bull Content Pool)

“Liam é um membro extremamente valioso para a equipe. Ele está conosco todos os finais de semana, obviamente, e está trabalhando muito no simulador. Como eu disse antes, atualmente temos dois pilotos nos carros. Estamos encontrando o melhor desempenho com os dois. E nós realmente não discutimos a situação de 2025. Portanto, o foco está realmente na pista e nas próximas duas corridas até a pausa de verão”, afirmou.

Bayer também fez elogios ao progresso de Tsunoda, que faz temporada consistente, com pontos somados na maioria das provas disputadas até agora na F1.

“Ele deu um grande passo. É a preparação física, mas também seu mental para o desempenho e a entrega.​ Ele entendeu que toda vez que falasse palavrões no rádio, isso lhe custaria um décimo. Portanto, ele tem tudo sob controle​”, celebrou. “Tsunoda é extremamente profissional no que está fazendo e no feedback com os engenheiros. E sim, ele definitivamente evoluiu”, concluiu o CEO.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.