Red Bull busca repetir 2018 e planeja dia de filmagem antes do início dos testes de pré-temporada

Consultor da equipe austríaca, Helmut Marko afirmou que deseja repetir 2018, quando o carro foi lançado e testado na Inglaterra antes dos testes oficiais de pré-temporada na Espanha. O dirigente disse também que as chances de título de Max Verstappen dependem do sucesso do pacote carro e motor Honda

Historicamente, a Red Bull sempre é uma das últimas equipes a lançar seu carro de forma oficial na F1. Isso se deve ao fato de o mago da aerodinâmica, Adrian Newey, sempre utilizar todo o período de férias até o último dia para explorar o máximo de detalhes possíveis de acordo com o regulamento. Porém, em 2019, os austríacos querem repetir 2018 e fazer diferente, adiantando o lançamento.
 
Em declaração ao site alemão ‘Motorsport-Magazin.com’, o consultor esportivo da Red Bull, Dr. Helmut Marko, expressou seu desejo de que, assim como em 2018, o RB15 esteja pronto com antecedência. 
 
Assim, o novo modelo poderia ser levado à pista em Silverstone, na Inglaterra, antes do início da pré-temporada em Barcelona, na Espanha. Na ocasião do ano passado, apesar de ser apenas uma sessão inicial com o australiano Daniel Ricciardo, a apresentação foi bastante atrapalhada pela forte chuva no circuito inglês.
A Red Bull fez um dia de filmagem após o lançamento do RB14 em Silverstone (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“Sempre estamos no tempo exato, mas nós ensinamos ao Newey que o primeiro dia de testes não é um dia para começo de tudo”, afirmou Marko. Ainda de acordo com o site alemão, o RB15 já passou nos crash-tests exigidos pela Federação Internacional do Automobilismo (FIA) e, portanto, próximo do lançamento oficial, que ainda não teve data divulgada.

 
Das dez equipes do grid, cinco já revelaram as datas de lançamento dos seus carros: Renault, em 12 de fevereiro; Racing Point, no dia 13; McLaren, em 14; Ferrari, no  dia 15; e a Sauber, na abertura dos testes de pré-temporada, em 18 de fevereiro.
 
Além disso, Marko falou sobre as expectativas para 2019, em especial com Max Verstappen. O holandês teve alguns grandes desempenhos em 2018, com duas vitórias — nos GPs da Áustria e do México – e a quarta colocação no Mundial de Pilotos. 
 
O diretor austríaco comparou o caso de Verstappen com o do pentacampeão Lewis Hamilton, que foi vice-campeão na sua estreia em 2007, e mostrou otimismo caso o conjunto Red Bull-Honda funcione nesta temporada.
 
“Sempre creio que esta é uma pergunta difícil, porque na F1 isso depende muito do pacote do carro. Me recordo de ver Lewis em seu primeiro ano e parecia que ele já estava pronto para vencer. Primeiro precisamos que o pacote funcione”, declarou Marko.
 
Em 2019, a Red Bull busca evoluir em relação ao terceiro lugar no Mundial de Construtores em 2018 e chegar mais próximo de Mercedes e Ferrari. Verstappen vai como companheiro o francês Pierre Gasly, vindo da Toro Rosso para substituir Daniel Ricciardo, que se transferiu para a Renault. Este vai ser o primeiro ano de parceria da equipe austríaca com os japoneses da Honda para fornecimento de motores, após mais de uma década com a Renault.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube