F1

Red Bull desbanca Ferrari e Mercedes e põe Ricciardo na frente com 1-2 no primeiro treino em Singapura

Mercedes e Ferrari chegaram a liderar a tabela de tempos na abertura dos trabalhos desta sexta-feira em Marina Bay. Mas coube a Daniel Ricciardo colocar a Red Bull na ponta após 90 minutos de sessão nesta tarde na cidade-estado. Max Verstappen completou o 1-2 taurino
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A abertura do fim de semana do GP de Singapura traz a perspectiva de uma briga a três pelo topo do pódio em Marina Bay. O primeiro treino livre, realizado na tarde desta sexta-feira (14) na cidade-estado, chegou a ter a liderança de Mercedes e Ferrari, mas foi a Red Bull quem riu por último com o tempo estabelecido por Daniel Ricciardo. O australiano registrou 1min39s711 como melhor volta e comandou a tabela, com Max Verstappen completando o 1-2 taurino ao fechar em segundo, 0s201 atrás do companheiro de equipe. Sebastian Vettel completou o top-3. Todos os três primeiros marcaram seus melhores tempos com pneus hipermacios.

Kimi Räikkönen foi o quarto colocado, ficando logo à frente de Nico Hülkenberg, com uma Renault que andou bem com os hipermacios nesta tarde. Lewis Hamilton foi o melhor posicionado da Mercedes, em sexto, mas a melhor marca estabelecida pelas Flechas de Prata foi registrada com os pneus macios. O líder do campeonato foi seguido por Carlos Sainz, também com os hipermacios, enquanto Valtteri Bottas, que usou os compostos amarelos para registrar seu melhor tempo, ficou em oitavo.

Charles Leclerc novamente apareceu bem para colocar a Sauber em nono lugar, mas acertou o muro e destruiu a suspensão dianteira direita do seu carro no fim da sessão. E Romain Grosjean, com a Haas, fechou a relação dos dez melhores colocados na sessão.

O segundo treino livre acontece logo mais, às 20h30 locais (9h30 de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal SporTV 2. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
Daniel Ricciardo liderou a dobradinha da Red Bull nesta tarde em Singapura (Foto: Red Bull/Twitter)

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP de Singapura


Com 31ºC de temperatura ambiente e 43ºC no asfalto, o primeiro treino livre do fim de semana começou com Marcus Ericsson puxando a fila com sua Sauber #9. As condições da pista eram bem distintas do que os pilotos vão enfrentar durante a noite, horário da classificação e também da corrida. Os primeiros minutos foram reservados às voltas de instalação e checagem das condições do carro e da pista.

A variação entre os pneus macios, ultramacios e hipermacios levou as equipes a testarem os diferentes tipos de pneus logo no início. Enquanto a McLaren optou pelos compostos amarelos para iniciar os trabalhos, Esteban Ocon foi à pista com os hipermacios, gesto que foi seguido pela dupla da Ferrari, Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel. Ainda nas primeiras voltas, Lance Stroll rodava com sua Williams na curva 2.
Räikkönen liderou o início do primeiro treino em Marina Bay (Foto: Reprodução)
O primeiro tempo do fim de semana foi registrado pela outra Williams, a de Sergey Sirotkin, que marcou 1min51s160, Mas o russo logo foi desbancado por Vettel, que cravou 1min47s831. Em seguida, Kimi registrou 1min44s622, enquanto Bottas, de ultramacios, completou volta 0s113 mais lenta. O recorde do traçado pertence ao próprio Vettel, que estabeleceu 1min39s491 na volda da pole-position no ano passado.

Mas Räikkönen não ficou muito tempo na ponta. Bottas mostrou um começo bem positivo ao registrar 1min42s474, 1s285 mais rápido em relação a Vettel. E a Red Bull também desempenhava ritmo bastante consistente e, com pneus macios, tinha 1min43s864. Pouco depois, Hamilton registrou sua primeira volta verdadeiramente rápida para subir ao segundo lugar, porém com 0s491 de desvantagem para seu companheiro de equipe.
Bottas roda durante volta rápida no primeiro terço do treino desta tarde (Foto: Reprodução)
No meio de uma volta rápida, Bottas chegou a escapar da pista, porém sem maiores consequências. Vettel melhorava seu tempo para 1min43s129, mas seguia em terceiro, enquanto Hamilton não conseguia se aproximar da marca do finlandês. Aliás, era Valtteri quem respondia na pista novamente com outra boa volta: 1min42s170, tendo a melhor parcial provisória nos dois primeiros setores. Porém, antes da primeira meia hora de treino, Lewis encabeçou a tabela de tempos com 1min42s072, liderando a dobradinha da Mercedes.

Enquanto a Mercedes despontava como a grande força no começo da sessão, a Red Bull superava a Ferrari e tinha Verstappen e Daniel Ricciardo em terceiro e quarto, respectivamente. Vettel aparecia em sétimo após 35 minutos de sessão, ficando atrás também de Sergio Pérez e Nico Hülkenberg. 
Daniel Ricciardo teve boa performance com os pneus macios nesta tarde (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Ainda com os pneus macios, a Red Bull tava outro grande indicativo de boa performance em Singapura. Ricciardo assumia a liderança do treino com 1min44s814, desbancando as Flechas de Prata.

Depois de uma breve pausa para a devolução de um jogo de pneus com 40 minutos de treino, a Mercedes levou seus dois pilotos à pista com pneus macios. E Bottas melhorou seu tempo de volta, desbancou Hamilton e encostou na marca de Ricciardo ao estabelecer 1min41s944. Em seguida, o finlandês melhorou seu tempo e passou o #3 taurino para assumir a liderança com 1min41s669.

Só que Hamilton também tratou de encaixar grande volta com os pneus macios e registrou 1min41s232, com direito a melhor parcial no segundo setor. Restava a curiosidade sobre a perormance dos carros da Ferrari, que deixavam os boxes com os pneus hipermacios. Como esperado, os carros de Maranello sobraram com os compostos rosáceos. Kimi anotou 1min40s486, mas Vettel ficou muito perto do recorde da pista ao ser o primeiro a andar abaixo de 1min40s: 1min39s997 com a volta perfeita, melhor parcial nos três setores da pista. Sainz, também com os hipermacios, alcançava uma bela quarta colocação e se posicionava entre as Mercedes de Hamilton e Bottas.
Charles Leclerc bateu forte no fim da sessão (Foto: AFP)
Já na meia hora final, Verstappen subiu para segundo no seu stint com os hipermacios e ficou 0s260 atrás de Vettel. Mas ainda havia mais por vir dos taurinos. Ricciardo foi ainda melhor que seu companheiro de equipe, desbancou Vettel e cravou 1min39s711 para subir para a ponta da sessão. Minutos depois, era a vez de Verstappen completar o 1-2 para superar Seb e subir para segundo lugar. No fim da sessão, quando os pilotos já trabalhavam em ritmo de corrida, Leclerc cometeu um erro e bateu forte no muro, destruindo a suspensão dianteira direita da sua Sauber. 

O resultado do treino significa, no fim das contas, um grande indicativo de que a Red Bull vai brigar de igual para igual com Mercedes e Ferrari neste fim de semana em Singapura.



F1 2018, GP de Singapura, Marina Bay, treino livre 1:

1 D RICCIARDO Red Bull Tag Heuer 1:39.711   27
2 M VERSTAPPEN Red Bull Tag Heuer 1:39.912 +0.201 27
3 S VETTEL Ferrari 1:39.997 +0.286 23
4 K RÄIKKÖNEN Ferrari 1:40.486 +0.775 21
5 N HÜLKENBERG Renault 1:41.105 +1.394 26
6 L HAMILTON Mercedes 1:41.232 +1.521 28
7 C SAINZ JR Renault 1:41.328 +1.617 23
8 V BOTTAS Mercedes 1:41.429 +1.718 28
9 C LECLERC Sauber Ferrari 1:42.035 +2.324 24
10 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:42.108 +2.397 21
11 M ERICSSON Sauber Ferrari 1:42.408 +2.697 23
12 S PÉREZ Force India Mercedes 1:42.412 +2.701 25
13 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:42.452 +2.741 20
14 F ALONSO McLaren Renault 1:42.630 +2.919 23
15 E OCON Force India Mercedes 1:43.177 +3.466 25
16 P GASLY Toro Rosso Honda 1:43.240 +3.529 25
17 B HARTLEY Toro Rosso Honda 1:43.485 +3.774 30
18 L STROLL Williams Mercedes 1:43.849 +4.138 30
19 S SIROTKIN Williams Mercedes 1:44.036 +4.325 29
20 S VANDOORNE McLaren Renault 1:45.160 +5.449 11
    Tempo 107% 1:46.691 +6.980  
           
REC S VETTEL Ferrari 1:39.491 16/09/2017  
MV L HAMILTON Mercedes 1:45.008 17/09/2017