Red Bull vê determinação como principal qualidade de Verstappen: “Quer dominar”

Christian Horner, chefe da Red Bull, elogiou capacidade de adaptação de Max Verstappen e elegeu a determinação como principal característica do tricampeão mundial

Completamente dominante ao longo de 2023, Max Verstappen fechou a temporada da Fórmula 1 com 19 vitórias em 22 corridas — um recorde absoluto na história da categoria — e seu terceiro título mundial, todos conquistados de forma consecutiva. Elogiado por todos os lados, o neerlandês recebeu novos afagos do chefe Christian Horner, que foi convidado a elencar as principais qualidades do piloto — e fez questão de destacar várias.

“A habilidade de se adaptar e extrair o máximo de um carro, além da confiança que ele tem em si mesmo e sua determinação”, disse Horner. “Você vê isso várias vezes, seja em uma volta de aquecimento ou de entrada [nos boxes]”, elogiou o britânico.

“Na primeira volta do treino livre 1, quando há mudança nas condições climáticas, sua habilidade de se adaptar e estar em harmonia com o carro vai além de qualquer coisa que já tenha visto antes”, destacou.

Segundo Horner, Verstappen não quer apenas vencer corridas, mas dominar a categoria — algo que já tem feito desde 2022. O chefe da Red Bull destacou, por fim, que essa é uma marca presente em todos os grandes esportistas da história e serve como motivação também para a continuidade do trabalho dentro da própria equipe.

Verstappen foi campeão com desempenho implacável em 2023 (Foto: Red Bull Content Pool)

“Ele não deixa nada pelo caminho, quer tudo”, ressaltou. “Isso motiva a equipe internamente, e ele é implacável em sua busca por performance. Ele não quer simplesmente vencer, quer dominar”, frisou.

“Você vê isso em todos os grandes esportistas”, pontuou Horner. “Aquela vontade de buscar a excelência e de dominar é uma marca daquilo que o torna um talento excepcional”, finalizou o chefe da Red Bull.

Verstappen finalizou o campeonato com 19 vitórias e 21 pódios no total — a única exceção foi o GP de Singapura, em que o neerlandês terminou em quinto. Com 575 pontos, o tricampeão ficou 290 tentos à frente do companheiro Sergio Pérez, que somou 285. Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Charles Leclerc completaram o grupo dos cinco primeiros.

Com a temporada encerrada, a Fórmula 1 retorna apenas no ano que vem, no dia 2 de março, com a estreia do campeonato no GP do Bahrein.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.