F1

Red Bull mostra preocupação, mas reitera que “plano é acabar temporada com Gasly”

Consultor da Red Bull, Helmut Marko prestigiou Pierre Gasly depois de mais uma atuação abaixo da crítica com o décimo lugar do piloto no GP da França do último domingo. O dirigente austríaco disse que Gasly teve se preocupar com a performance exibida em Paul Ricard, mas garantiu que a intenção é mantê-lo até o fim do ano e se esquivou de rumores

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré

No futebol, quando um treinador está pressionado após uma série de mal resultados e recebe o respaldo da diretoria do clube, é costume dizer que o profissional está prestigiado. A palavra pode então ser aplicada ao momento vivido por Pierre Gasly na Red Bull. Depois de mais uma atuação abaixo da crítica no GP da França do último domingo, o jovem piloto — décimo lugar depois de ter sido beneficiado pela punição imposta a Daniel Ricciardo — foi prestigiado pelo consultor Helmut Marko, que ressaltou que “o plano é acabar a temporada com ele”.
 
Entretanto, Marko se mostrou preocupado por conta da falta de ritmo demonstrada por Gasly em Paul Ricard, sempre muito distante da performance exibida por Max Verstappen, quarto colocado sem sustos na corrida do último domingo.
Pierre Gasly foi o décimo colocado no GP da França do último domingo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Em entrevista ao site holandês ‘GP Today’, Marko afirmou. “O que ele precisa se preocupar é com sua velocidade na França. Mas o plano é acabar a temporada com Gasly”
 
Marko reiterou a declaração de Christian Horner, chefe da Red Bull, ao falar que os mecânicos e engenheiros vão procurar “defeitos invisíveis” no carro #10 da equipe de Milton Keynes para a corrida em casa, neste fim de semana, na Áustria.
 
“Vamos examinar o carro detalhadamente e antes de ir para Spielberg vamos desmontá-lo por completo. Vamos analisar ponto a ponto”, salientou.
 
O consultor também foi perguntado sobre a possibilidade de Daniil Kvyat substituir Gasly e regressar à Red Bull como titular ainda nesta temporada. O rumor correu pelo paddock depois que Marko foi visto conversando em Paul Ricard com Nicolas Todt, filho de Jean Todt, presidente da FIA, e empresário do piloto russo.
 
“É tudo falso. Na semana passada foi Nico Hülkenberg quem iria ocupar seu cockpit, agora Kvyat... Se falei com Nicolas Todt é porque costumo falar muito com ele e com seu pai”, concluiu.
 

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.