Red Bull protesta, FIA acata e pune Hamilton com três posições no grid na Áustria

Após revisar as câmeras, a entidade constatou que o piloto inglês não diminuiu a velocidade durante uma bandeira amarela no Q3

A Red Bull voltou a protestar contra a Mercedes no GP da Áustria. Primeiro, a reclamação foi contra o DAS, dispositivo usado pela equipe alemã no treino de sexta-feira. Neste domingo (5), o alvo é Lewis Hamilton – e sua volta rápida feita na classificação. Desta vez, porém, foi bem sucedida.

Na manhã deste domingo, Christian Horner afirmou que protestaria. “Temos novas provas com um novo ângulo de câmera e pedimos para a FIA revisar”, afirmou o chefe da Red Bull,.

A Red Bull alega que Hamilton não diminuiu a velocidade sob bandeira amarela nos segundos finais do treino e, assim, fez sua melhor volta da classificação descumprindo as regras. As imagens chegaram a ser analisadas e nenhuma punição foi dada para o hexacampeão mundial.

Nos segundos finais, Valtteri Bottas escapou da pista e levantou poeira. Hamilton, que estava logo atrás, não diminuiu a velocidade e fez sua volta mais rápida. Após o treino, em entrevista, ele alegou que não tinha visto bandeiras amarelas por conta da poeira levada pelo carro de Bottas.

De acordo com a FIA, novas evidências de vídeo e telemetria foram revisadas. Uma nova imagem oferecida pela Red Bull mostra luzes amarelas sendo mostradas nos painéis, tirando assim o argumento inicial de Hamilton. Após nova avaliação, o pedido foi acatado e o inglês acabou punido com três posições no grid.

Fórmula 1 2020, GP da Áustria, Red Bull, Mercedes
Red Bull e Mercedes já trocaram as posições de largada de Hamilton, indo para 5º, e Verstappen, 2º (Foto: Reprodução)

E as equipes não perderam tempo. Minutos antes da largada, a Red Bull colocou o carro de Max Verstappen na segunda posição do grid, que seria de Hamilton, enquanto o equipamento da Mercedes foi posicionado na quinta colocação.

Com a mudança, Lando Norris, da McLaren, pula para terceiro e Alexander Albon, da Red Bull, vai para o quarto lugar.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube