Red Bull revela trabalho intenso de Pérez em simulador e cobra “progresso” em Austin

Christian Horner, chefe da Red Bull, contou à mídia britânica que Sergio Pérez passou três dias no simulador da equipe na última semana — "o que nunca havia feito", frisou o chefão

Cada vez mais sob pressão na reta final da temporada 2023 da Fórmula 1, Sergio Pérez teve de apelar para um trabalho intenso no simulador por três dias seguidos para tentar entender a causa dos atuais problemas de performance. A revelação foi feita pelo chefe da Red Bull, Christian Horner.

Ao tabloide britânico Mirror, Horner falou sobre o “progresso” alcançado pelo piloto mexicano graças ao trabalho de simulação. Agora, a expectativa é que os resultados sejam vistos em Austin, que recebe a F1 neste final de semana.

Christian Horner disse que Pérez fez um trabalho intenso em simulador (Foto: Red Bull Content Pool)

Relacionadas


Sergio Pérez tem trabalhado horas extras para reagir e colocar sua temporada de volta aos trilhos”, disse o chefão da base em Milton Keynes. “Ele esteve no simulador por três dias na última semana, o que nunca havia feito”, destacou, explicando que a decisão foi tomada após os resultados muito aquém do esperado nas duas últimas etapas do ano — apenas 1 ponto somado, na corrida noturna realizada em Lusail.

“Foram três dias seguidos para tentar chegar à raiz de alguns dos problemas que ele teve no Catar e no Japão. Acho que ele teve um grande progresso, portanto espero que isso apareça neste fim de semana”, cobrou Horner, salientando que ‘Checo’ “está indo além, o que é muito importante”.

A situação de Pérez, porém, não é das melhores, com a imprensa italiana já afirmando que o mexicano teria as próximas cinco corridas do calendário para provar que merece continuar na equipe, caso contrário, a Red Bull não hesitaria em rescindir contrato e promover Daniel Ricciardo.

Sobre as especulações, o chefão dos taurinos foi enfático: “Não é algo que discutimos ou mesmo consideramos. Checo é nosso piloto e queremos apoiá-lo da melhor forma possível”, encerrou.

A Fórmula 1 volta neste final de semana, em Austin, entre os dias 20 e 22 de outubro para a disputa do GP dos Estados Unidos. E o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.