Renato Luz arrasa rivais e vence 2ª etapa do Bolão GP. Fernando Silva arrasta corrente

O iluminado Renato cravou 175 pontos, 65 a mais que os dois segundos colocados da semana. Clebio Luz é quem lidera no geral, enquanto Fernando Silva sofre

Assista aos melhores momentos do GP da Emília-Romanha de F1 (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Depois de uma primeira etapa para todos colocarem óleo em suas máquinas no Bolão GP 2021, o GP da Emília-Romanha do último fim de semana representou a primeira corrida do restante do campeonato para os palpites certeiros sobre os rumos da Fórmula 1. E, dada a oportunidade, brilhou uma luz sobre a planilha onde são mantidos os sigilosos resultados. Era a luz de Renato – o Renato Luz. Com 175 pontos, destroçou a competição para vencer a rodada.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Renato, O Iluminado, foi muito bem. Acertou o vencedor Max Verstappen, além do quarto, quinto, sétimo, décimo colocados e o pole-position. Uma sequência invejável que garantiu a ida ao segundo lugar geral do bolão mesmo com uma primeira semana mediana.

Mas e o líder? o líder é Clebio Junior, que seguiu a toada de regularidade. Depois do segundo lugar na etapa do Bahrein, ele repetiu a posição – ainda que agora empatado com Raphael Coelho – com 110 tentos. Mais que o suficiente para liderar por boa margem: 275 contra 230 tentos de Luz, o segundo no geral. Vencedor na rodada inicial – curiosamente com os mesmos 175 pontos -, Daniel Dalence fracassou ao não apostar. Caiu para o quinto lugar, empatado com Hugo Fonseca e Nilo Beiro.

Atrás de Renato, Clebio e Raphael, Felipe de Paula foi o outro assinante a alcançar a marca centenária em Ímola: exatos 100 pontos.

MAX VERSTAPPEN; GP DA EMÍLIA-ROMANHA; ÍMOLA; VITÓRIA;
Max Verstappen venceu o GP da Emília-Romanha e distribuiu pontos no bolão (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Caso você não tenha visto nenhum membro do GRANDE PRÊMIO nesta lista, não se assuste: os incapazes profissionais não conseguiram chegar aos três dígitos. Começo de temporada em que os representantes do site seguem tomando uma popular lambada dos assinantes. Ainda bem, mas, caso continue assim, formaremos uma Super Liga.

O melhor membro do GP na semana foi Pedro Luís Cuenca, que terminou na quinta colocação com os mesmos 95 pontos de Leonardo Alves. Ainda fecharam o top-10: Hugo Fonseca, Nilo Beiro, nosso Vitor Fazio e Sérgio Telles. Fazio, aliás, foi o solitário apostador a cravar Nicholas Latifi como responsável pelo primeiro abandono da corrida. Após não apostar na primeira semana, Gabriel Curty passou o ingresso na catraca e terminou numa excelente 22ª colocação, diriam uns e outros.

Mas memorável mesmo é o desempenho de Fernando Silva. O editor-chefe do GRANDE PRÊMIO saiu do Bahrein com 20 pontos, mas pronto para a recuperação. Após três semanas de muito esmero na preparação para o novo desafio, desenhou seus palpites vencedores com uma pena d’ouro, refinado, tal qual um pintor renascentista. E marcou zero ponto. É uma honra viver no mesmo período que este homem.

Entre as curiosidades da semana está que ninguém acertou o pódio completo: dez pessoas começaram bem com Verstappen em primeiro e Hamilton em segundo, mas foram desbancadas pelo terceiro lugar de Lando Norris.

Na classificação geral, Clebio e Renato têm, como dito, 275 e 230, respectivamente, mas o #TimeGP está na cola com Vitor Fazio, o repórter comedor de chucrute, e Gabriel Carvalho, o superliguer, ambos com 190 pontos. Também já citados, Hugo, Nilo e Daniel contam com 175 tentos, enquanto mais dois GPs, Cuenca e Victor Martins, aparecem em oitavo e nono com 170 e 165 pontos cada um. Sérgio Telles é o 10º, tem 160.

Lando Norris foi ao pódio e fez com que ninguém cravasse o top-3 (Foto: AFP)

O restante do pessoal do GP e agregados está assim: Felipe Noronha (16º, 140 pontos), Renato Ribeiro e Rodrigo Berton estão empatados (19º, 125), Américo Teixeira (36º, 85), empatados também Gabriel Curty e Lucas Couto (42º, 65), Guilherme Bloisi, outro zerado da rodada (48º, 45) e Fernando Silva (53º, 20).

Pela lisura do processo, devo informar que eu, Pedro Henrique Marum, anotei macambúzios 20 pontos graças à pole de Lewis Hamilton e ocupo a taciturna 38ª colocação com 75 tentos totais – engole a vergonha, rapaz.

O bolão continua com o GP de Portugal, em Portimão, marcado para o fim de semana do dia 2 de maio. Você pode apostar, como sempre, até o começo do treino de classificação. Para participar do Bolão GP 2021, basta se tornar um assinante da GPTV, o nosso canal do YouTube. Faça isso aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube