Renault diz que exclusão de Ricciardo foi causada por vantagem de 0s000001

O excedente de potência registrado pela FIA que levou à desclassificação de Daniel Ricciardo do treino de classificação para o GP de Singapura rendeu uma vantagem de apenas um milionésimo de segundo, de acordo com a Renault

Após o treino de classificação para o GP de Singapura no sábado (21), Daniel Ricciardo foi excluído devido a uma infração por exceder a potência do MGU-K durante o Q1. Segundo a Renault, o problema com a peça gerou uma vantagem de apenas um milionésimo de segundo – 0s000001, tempo 100 vezes menor do que o milésimo de segundo.
 
O problema do carro de Ricciardo foi relatado pelo delegado técnico da FIA, Jo Bauer. A Renault foi chamada à sala dos comissários para prestar esclarecimentos, onde argumentou que o pico de energia criou uma vantagem de apenas um milionésimo de segundo e que não havia acontecido na volta mais rápida do australiano no Q1, a que garantiu sua presença no Q2 do treino classificatório.
 
Entretanto, a defesa da equipe francesa não foi suficiente e Ricciardo acabou punido com a exclusão do treino classificatório. Assim, o piloto que largaria na oitava posição cai para último. A justificativa apresentada pelos comissários é que havia precedentes em casos similares de infrações sem que o piloto levasse vantagem.
 
O chefe da Renault, Cyril Abiteboul, criticou a decisão dos comissários ao ‘Motorsport.com’: “A decisão detalha bem que não houve nenhuma vantagem”.
 
“Não foi em uma volta decisiva, eles escreveram isso. Há uma desculpa em sua própria decisã. Eu não acho que eles estão confortáveis com a sua própria decisão”, comentou Abiteboul.
0s000001 de vantagem. Foi isso que bastou para Daniel Ricciardo ser punido (Foto: Renault)

Abiteboul falou ainda que foram tomadas medidas para evitar que isso aconteça novamente durante a corrida, mas ainda é necessária uma investigação por parte da Renault para entender o problema.

 
“Precisamos entender por que isso aconteceu em uma volta, em um kerb, de todas as voltas que fizemos esse ano e nos anos anteriores. É algo que ainda precisamos entender”, afirmou o chefe da Renault.
 
A FIA anunciou também que Ricciardo vai correr com novos MGU-K e controle eletrônico. Por estar largando em último, a troca não vai afetar a nova posição de largada do australiano.
 
O GP de Singapura, 15ª etapa da temporada da F1, está marcado para o domingo (22), às 9h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube