Ricciardo aponta cabeça fria de Hamilton como chave em briga contra Vettel em 2017 e ressalta: “Teve uma ótima temporada”

Daniel Ricciardo encheu Lewis Hamilton de elogios. Ao falar sobre o atual campeão da F1, o australiano ressaltou o grande respeito que sente pelo inglês, apontou sua cabeça fria como essencial na briga pelo título e ainda o apontou como um dos melhores pilotos do atual grid da categoria

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Daniel Ricciardo aproveitou o fim da temporada para fazer alguns elogios ao campeão de 2017. O australiano revelou que tem grande respeito por Lewis Hamilton, e apontou sua calma ao longo do ano como importante fato para a conquista do título.
 

Em um ano em que pilotou de forma brilhante, o inglês conquistou seu quarto título mundial com uma vantagem de 46 pontos em cima de Sebastian Vettel. Sua situação era tão confortável que o caneco veio duas etapas antes do final do campeonato, no México.
 
Comentando sobre o piloto da Mercedes, o #3 reconheceu o grande desempenho apresentado pelo piloto, ressaltando a cabeça fria e calma que apresentou em momentos decisivos na briga pela temporada. “Olhando para a temporada de Lewis, eu respeito isso”, disse.
 
“Com certeza ele teve um bom carro, mas acredito que o carro de Seb também foi bom, e Lewis manteve uma cabeça fria e um melhor nível com consistência, foi mais calmo. Você precisa respeitar isso. Ele sempre pilotou muito veloz e teve uma ótima temporada”, seguiu.
Ricciardo não poupa elogios ao competitivo Hamilton (Foto: Reprodução)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Ao ser questionado sobre quem seria o melhor piloto da F1, Ricciardo respondeu com seu tradicional bom-humor. “Acho que vou ter que me tirar disso, pois com certeza eu sou o melhor”, brincou. “Lewis, mesmo com o melhor material, ainda tinha pressão e expectativas, e ele tem isso desde que entrou na F1, dez anos atrás”, respondeu.
 

“Penso que ele sempre esteve em alto nível e ele também tem muita distração na vida dele, mas consegue ter um desempenho bom quando conta. Eu respeito ele e tiro meu chapéu para ele. Como piloto ele é muito competitivo”, continuou.
 
“Claro que também tem Fernando, mas é difícil dizer sobre ele, pois nos últimos anos não teve um carro top, mas acredito que todos acreditam que ele é um dos melhores pilotos do grid. Esses dois nomes sempre serão citados nesse grupo de pilotos. Meu companheiro Max também é bastante forte, então existem mais do que dois, mas esses são os mais estáveis e os que respeito muito”, emendou.
 
Por fim, Daniel explicou que acredita que o carro ainda tem grande papel nas corridas da F1, e mostrou sua torcida para que o cenário sobre isso mude em breve. “Lewis venceu três dos últimos quatro campeonatos, mas acredito que se ele estivesse em uma equipe do meio do pelotão ele não teria conquistado isso”, opinou.
 
“O carro é uma grande parte, mas você precisa ser um bom piloto para levar seu carro até o topo. É preciso ter ambos. Ainda é um pouco mais dominante com o carro do que com o piloto, talvez seja 75% contra 25%. Se deixássemos as coisas um pouco mais iguais, isso seria melhor. Um meio a meio seria algo mais realista em um futuro próximo, e espero que esse seja o caso”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube