Ricciardo diz que problemas do motor Renault fazem Red Bull piorar ajustes para compensar por falta de potência

Daniel Ricciardo aliviou as dificuldades da Red Bull ao dizer que o time acaba se comprometendo nos ajustes do carro para compensar pela brutal falta de potência que o motor Renault tem em relação aos motores rivais

Os problemas da unidade de força da Renault estão comprometendo outros aspectos dos ajustes da Red Bull, fazendo o chassi parecer pior. Quem disse foi Daniel Ricciardo, que não conseguiu ainda uma colocação acima do quinto lugar de Mônaco após vencer três provas em 2014.
 
Com a Renault em situação de muita defasagem em relação à Mercedes e Ferrari, Ricciardo vê os ajustes comprometendo aspectos do RB11 para comportar fragilidades da unidade de força francesa.
 
"Esse ano nós brigamos um pouco mais na freadas, não acho que tivemos muita ingerência sobre o carro quando ele está sendo freado. Eu diria que temos um pouco disso de volta, está voltando, e creio que há muita aderência traseira, para ser honesto", disse Daniel.
Daniel Ricciardo durante a segunda sessão de treinos livres no Red Bull Ring, na Áustria (Foto: AP)
"Acredito que começa com tração, mas as entradas das curvas, todos os pilotos vão dizer o mesmo – você nunca tem o bastante. Mesmo quando eu assisto imagens onboard da Mercedes, vejo que eles têm alguns escorregões aqui e ali", seguiu o australiano.
 
Na Red Bull, o downforce, por exemplo, tem sido aparado para compensar pela falta de potência. É uma das mexidas que comprometem o carro em busca do equilíbrio forçado para um motor ruim.
 
"Muito disso se compromete por falta de potência. Numa reunião, vamos reclamar que o carro está escorregando e não conseguimos virar aqui ou acolá, não conseguimos ter o mesmo donwforce com a perda de potência. Talvez sintamos que o carro não é ótimo em algumas áreas, mas não creio que estejamos correndo num nível otimizado. Mônaco foi a primeira chance de aumentar em tudo e acabou nossa corrida mais competitiva", explicou.
 
O chefe da equipe, Christian Horner, espera uma corrida mais favorável na Hungria do que encontrou nas últimas semanas, apesar de ter gostado do que viu em Silverstone.
 
"Saímos confiantes dessa corrida [na Inglaterra]. Foi um passo mais encorajador, desde os treinos até a corrida nós certamente estávamos muito mais competitivos, e a Hungria representa uma oportunidade melhor para nós", falou Horner.
 
Foi o próprio Ricciardo quem venceu em Hungaroring em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube